Olhar Conceito

Quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Notícias / Literatura

Filha de Olga Benário e Luis Carlos Prestes vem a Cuiabá lançar livro sobre a história da mãe

Da Redação - Isabela Mercuri

17 Mai 2018 - 11:17

Foto: Reprodução

Filha de Olga Benário e Luis Carlos Prestes vem a Cuiabá lançar livro sobre a história da mãe
Filha de Olga Benário e Luis Carlos Prestes, a historiadora Anita Leocádia Prestes vem a Cuiabá na próxima quarta-feira (30), para lançar o livro ‘Olga Benário Prestes: uma comunista nos arquivos da Gestapo’. O lançamento acontece às 19h, durante a Jornada Universitária em defesa da Reforma Agrária (JURA).

Leia também:
Professor da UFMT lança livro que analisa suicídio de escravos como recusa à escravidão

Anita nasceu na prisão feminina do Campo de Concentração de Barnimstrasse, na Alemanha, durante o holocausto, e foi afastada de sua mãe aos 14 meses. No livro, ela conta o que Olga viveu de 1936 até sua morte, em 1942. As informações que dão suporte ao livro foram retiradas dos arquivos da Gestapo, polícia secreta do terceiro Reich alemã.  De acordo com a assessoria, a obra traz um relato sobre a deportação para a Alemanha e a vida na prisão e nos campos de concentração nazistas.

Anita viveu exilada na extinta  União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), e em agosto de 1972 foi indiciada em virtude da militância política, julgada em  1973 e condenada à pena de quatro anos e seis meses pelo Conselho Permanente de Justiça para o Exército. É graduada e mestre em química e doutora em história Universidade Federal Fluminense.

A Jornada Universitária em defesa da Reforma Agrária (JURA) começou em 2014, com a participação de 40 universidades e institutos federais. Atualmente, já é realizada em 50 universidades do país, e em 2018 será o primeiro ano que a UFMT participa.

O evento tem como propósito colocar em discussão o projeto de Reforma Agrária e os temas que circundam essa questão nas áreas de humanas, saúde, agrárias, educação entre outras. A programação é multidisciplinar e aborda temas que dizem respeito a terra, vida, saúde, educação, criminalização dos movimentos sociais e retrocessos na democracia e nas políticas sociais. 

Além da Conferência e do lançamento da obra de Anita Prestes, o evento reúne mesas redondas, oficinas, Feira, exposição e rodas de conversas. Além de Anita, realizam palestras, João Paulo Rodrigues  do MST-SP e Gersem Baniwa, indígena do Povo Baniwa e professor da Universidade Federal do Amazonas.

Mais informações no SITE

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Raisa
    18 Mai 2018 às 13:28

    Comunismo é bom só pra quem manda, o povo fica na pobreza.

  • Joao
    17 Mai 2018 às 23:33

    Comuna

  • joao bosco
    17 Mai 2018 às 21:01

    Lenin implantou o comunismo na Rússia e quis implantar em todos os países como forma de dominação Êle bancada em rublos no Brasil o comitê de Carlos Prestes e a instrução era fazer a cabeça do povo das Universidades e Exército O é que ainda tem muitos Professores Comunista Larga ssa idéia my teacher

  • Walter
    17 Mai 2018 às 15:22

    Tentaram implantar uma ditadura comunista no Brasil e fracassaram em partes. Não viramos uma Cuba da vida, mas também não temos a liberdade dos países mais ricos.

  • Mario
    17 Mai 2018 às 14:28

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • alberto
    17 Mai 2018 às 13:40

    kkk deve estar cheio de ESTÓRIAS....muitas ESTÓRIAS...

Redes Sociais

Sitevip Internet