Olhar Conceito

Domingo, 16 de janeiro de 2022

Notícias | Literatura

antropologia

Professor da UFRJ traz palestra sobre a origem das lutas para Cuiabá

Foto: Arquivo Pessoal

Professor da UFRJ traz palestra sobre a origem das lutas para Cuiabá
O Centro Cultural da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) recebe, no próximo dia 25 de julho, quarta-feira, um curso gratuito sobre os aspectos antropológicos das lutas. Formado por duas palestras, o evento é resultado de um estudo feito pelo professor e historiador Leandro Paiva no Parque Nacional Serra da Capivara, no estado do Piauí. Durante sua pesquisa, Leandro encontrou registros rupestres de lutas corporais de cerca de seis mil anos atrás.

Leia também:
Professor de história da UFMT lança livro sobre bispos que lutaram nas cruzadas

De acordo com a assessoria, a primeira palestra, “Em busca das origens: o elo perdido entre as lutas da pré-história e as lutas corporais indígenas do Xingu”, vai mostrar as proximidades e distanciamentos entre esses vestígios da pré-história e as lutas corporais que ocorrem no Parque Indígena.

Já a segunda palestra, "Olhar Clínico nas Lutas, Artes Marciais e Modalidades de Combate", vai apresentar alguns tópicos do livro "Olhar Clínico nas Lutas": "Lutas, Artes Marciais ou Modalidades de Combate?"; "É possível prever os resultados das lutas?" e "Dedicação pode ser mais relevante que o talento nas Artes Marciais".

Leandro é professor de educação física e historiador da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ele afirma que as artes marciais vão além da competição. "O fenômeno luta, tem aspectos sociais, biológicos, pedagógicos e psicológicos em torno dele. Um dos exemplos latentes para exemplificar isso e a própria luta corporal indígena que ocorre no Xingu".

O curso é gratuito, mas existe a opção de doar uma caixa de leite na entrada. Caso o participante queira receber um certificado especial com chancela e registro de horas, deve pagar R$50. Neste caso, recebe gratuitamente o livro "Olhar Clínico nas Lutas, Artes Marciais e Modalidades de Combate".
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet