Olhar Conceito

Segunda-feira, 02 de agosto de 2021

Notícias / Tecnologia

inovação

Programa Siminina ganha sala de informática e garotas terão curso para o mercado de trabalho

Da Redação - Isabela Mercuri

19 Jul 2018 - 09:42

Foto: Vicente Aquino

Programa Siminina ganha sala de informática e garotas terão curso para o mercado de trabalho
As garotas atendidas pelo programa social Siminina receberam, na última terça-feira (17), mais um presente. Em parceria com a iniciativa privada, a Prefeitura de Cuiabá inaugurou a primeira sala de informática do projeto, onde serão ministradas aulas, com o intuito de capacitar as garotas para o mercado de trabalho.

Leia também:
Colégio Notre Dame investe na primeira sala de criatividade híbrida: inovação educacional tecnológica

A sala, que fica nas dependências da coordenação do programa, situada no bairro Morada do Ouro, tem cadeiras, mesas, ar-condicionado, além de onze computadores, projetor (data show) e material didático. Todos foram adquiridos por meio de empresas e instituições como resultado da política de parcerias da primeira-dama Márcia Pinheiro, em prol do Siminina.

“Efetivamos mais uma parceria no sentido de buscar mais pessoas e empresas dispostas a colaborar para melhorias das atividades do importante programa Siminina. O poder público não consegue atender todas as necessidades, portanto é indispensável que busquemos parceiros para construir um programa melhor e mais digno para essas meninas”, frisou Márcia.

O ‘Siminina Digital’ tem duas vertentes de parcerias. Uma foi feita com o Studio Informática, que doou os onze computadores, o projetor e todo o aparato de informática. “Eu acho que a iniciativa privada precisa se envolver mais com a população mais carente e mais necessitada. Se todo mundo começar dessa forma até as instituições públicas terão mais facilidade com certas situações. Precisamos nos preocupar com essas crianças que serão o futuro do nosso país. E eu acho que se todos os empresários que pudessem ajudar de forma coerente e pudessem contribuir para sociedade, seria muito benéfico”, ressaltou Junior Guerreiro, proprietário da Studio Informática.

A outra parceria foi a Universidade de Cuiabá (Unic), que doou o material didático completo e às aulas do curso de informática. O curso terá a chancela do curso de Engenharia da Computação do campus Barão.

Marcos Senna, coordenador do curso, explica que a metodologia, nesse primeiro momento, será de iniciantes, com duração de três semanas, baseados nos conteúdos básicos, e intermediários de modo preparativo para a inserção no mercado de trabalho.

“Vamos disponibilizar um professor e dois monitores. O professor estará sempre acompanhando a apostila e os monitores estarão auxiliando as meninas com quaisquer dúvidas que tenham. O curso será dividido em cinco módulos: Windows, Word, Excel, Power Point e Internet. O objetivo é que quando elas saírem daqui e procurarem emprego, elas consigam aplicar todos os conhecimentos que aprenderam aqui”, explicou.

De acordo com a assessoria, a prioridade nessa primeira etapa será o grupo de 50 garotas que estão inseridas no “Siminina Jovem”, vertente do programa criado pela primeira-dama Márcia Pinheiro com o intuito de oferecer cursos e capacitação vislumbrando o mercado de trabalho pós-adolescência.       

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet