Olhar Conceito

Quinta-feira, 02 de julho de 2020

Notícias / Gastronomia

Após perder os pais em acidente, sul-matogrossense se reergue com loja de empadas ao lado das filhas

Da Redação - Isabela Mercuri

23 Mar 2019 - 09:55

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Eliane, Eline e Elisandra

Eliane, Eline e Elisandra

O ano de 2015 não foi fácil para a corumbaense Eliane Santana Miranda, 48. Em poucos meses, ela se separou do marido e perdeu o pai e a mãe em um acidente de carro. Chegou a ficar em depressão, mas conseguiu se reerguer graças à ajuda das duas filhas, Eline e Elisandra, e de um amor antigo: as empadas. Há pouco mais de dois anos, as três abriram a ‘Empada no Ponto’, no Jardim das Américas, e em pouco tempo já tem um público cativo.

Leia também:
Lanchonete tem chope a R$2,99 e rodízio de frutas, açaí, sorvete, cachorro quente e batata frita em Cuiabá

A história de Eliane com a gastronomia, no entanto, é bem mais antiga. Filha de um boliviano e uma carioca, ela veio para Cuiabá em 1999, numa moto com o então marido, para tentar a vida. Dois meses depois, já estava empregada na ‘Ice Bom’, onde fazia bolo gelado, e mandou buscar as duas filhas, uma com um ano e oito meses, e a outra com quatro anos.

Depois de quatro anos na empresa, ela passou a vender caldo de cana e pastel frito na hora na avenida XV de novembro, até que decidiu ir embora para um sítio em Livramento, para dar melhor qualidade de vida à sua filha mais nova, que tinha problemas respiratórios. Lá, aprendeu a fazer queijos e doces, e com isso conseguia se sustentar.

“Na época que eu mudei pro sítio, eu corri atrás junto com o órgão do pequeno agricultor familiar. Eu acionei o Senar, e eles falaram pra gente procurar na comunidade quem tinha interesse em fazer os cursos, que eles levariam. Eu ajeitei tudo, levei os cursos pra comunidade, mas querendo também aprender”, lembra. “E aprendi a fazer todos os derivados de leite, defumados de suínos... e vivi disso até o ensino médio das minhas filhas”.

Quando Eline e Elisandra cresceram, a família voltou para Cuiabá, e vendeu uma das terras que tinham comprado para investir na nova vida. O pai aconselhou Eliane a fazer as empadas, o que já era uma especialidade da família. Ela pegou a receita da massa com uma tia que trabalha com isso na Argentina, e fez cursos em Campo Grande, com uma ex-cunhada. Chegou a pensar em investir em uma franquia, mas ouviu conselhos dos amigos para criar a própria marca. Para isso, ainda estudou gastronomia no Senac e, em 2010, abriu as portas do ‘Ponto do Sabor’, no Goiabeiras.

A clientela era muito ressabiada em relação ao salgado, e uma das filhas teve a ideia de colocar na placa que aquela era a ‘melhor empada de Cuiabá’. A partir daí, as vendas ‘decolaram’. De repente, em 2015, tudo veio abaixo. “Foram duas coisas que marcaram muito minha vida, e eu entrei em depressão. A primeira foi meu divórcio, que me abateu muito, mas eu consegui me reestabelecer. E a segunda foi mais forte, eu perdi meu pai e minha mãe num acidente de carro”, lembra.

Depois disso, Eliane voltou para o sitio. “Minhas filhas viram que eu estava me afundando cada vez mais, eu estava morrendo aos poucos. Elas me fizeram voltar”. Foi na volta que surgiu a ‘Empada no Ponto’, local que fica no Jardim das Américas.

O resultado, mais uma vez, foi surpreendente. Tanto os clientes antigos, que já iam na região do Goiabeiras, quanto novos, se encantaram pelas receitas de Eliane. Atualmente, são treze sabores diferentes, desde os mais tradicionais até os especiais, criados por ela, como sete queijos com geleia de damasco; muçarela de búfala com geleia de pimenta e peito de peru defumado; e ricota com aspargo e tomate seco. Os preços variam de acordo com o recheio.



“Nós usamos ingredientes especiais, a manteiga é italiana, e muita coisa eu mesma produzo, como a geleia de pimenta. Eu cultivo a pimenta no sítio, e eu mesma faço”, garante. Ela também aceita encomendas de empadões.

A ‘Empada do Ponto’ funciona de segunda a sexta, das 10h às 20h, e aos sábados das 8h às 17h. Mais informações pelo INSTAGRAM ou pelos telefones (65) 99920-7926 e (65) 3023-4661.

Serviço

Empada no Ponto
Endereço: Av. Brasília, 390 - Jardim das Américas
INSTAGRAM
Telefones:  (65) 99920-7926 e (65) 3023-4661

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Minoru
    24 Mar 2019 às 14:01

    Bom dia!Parabéns, mulher guerreira!sua história de vida maravilhosa(quero fazer igual a vc!correr atrás do meus sonhos(objtivos)obgdo

  • Rosa Moura
    23 Mar 2019 às 20:24

    A Chef Eliane Miranda, esta ai uma mulher determinada, trabalhadora, dedicada, que tenho o prazer de conhecer. Suas filhas são maravilhosas tambem. Quanto as empadas sou fã de carteirinha, e recomendo sempre . Sucesso meninas , que Deus continue te abençoando cada dia mais.

  • Adriana
    23 Mar 2019 às 14:50

    Não tenho dúvidas que é a melhor empada que já comi! Já encomendei também empadão para aniversário e foi um sucesso! Além disso o lugar é bem agradável pra fazer lanche! Estão de parabéns!

  • Joana leite Santos Camargo
    23 Mar 2019 às 13:28

    Não provei suas enpadas mas tenho que são ótimas. Sou uma senhora de 80 anos e sou louca por empadas por isso te peço manda a receita de sua empada não vou fazer concorrência com vocês sou do Pr e sou uma velha que não comercializa nada que4o só para meu gasto. Obrigada fk com DEUS e ELE te abençoe sempre beijos

  • Ailton José Terezo UFMT
    23 Mar 2019 às 12:22

    O ambiente é aconchegante e a empada é a melhor que já comi... Não tem comparação com qualquer outra... Parabéns!!!!!

  • gabriel alves martins
    23 Mar 2019 às 11:10

    vou levar minha mamae ai pois ela gosta de empada de carne

  • Lesllie
    23 Mar 2019 às 10:56

    Convivi 2 anos com essa mulher querida e maravilhosa. É um exemplo de superação e determinação! Admiro muito a história dela e tenho certeza que as filhas sabem do exemplo de mulher que elas têm! Sobre as empadas... sou suspeita! Mesmo morando em Brasília sempre dou um jeito de trazem pra cá quando alguém da minha família vem, ou quando vou a Cuiabá, é um dos primeiros lugares que passo para poder matar a saudade da melhor empada que comi até hoje. Por isso, não tem como não ser merecido todo esse reconhecimento nessa matéria linda! Parabéns, sucesso sempre! Bjs nas 3!

Redes Sociais

Sitevip Internet