Olhar Conceito

Quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

Notícias | Literatura

crianceiras

Aplicativo reúne clipes com canções baseadas em poesia de Manoel de Barros

Foto: Da Assessoria

Camillo esteve em Cuiabá para o projeto 'Lê pra mim'

Camillo esteve em Cuiabá para o projeto 'Lê pra mim'

A poesia de Manoel de Barros pode ficar mais próxima das crianças, desde que, em 2016, o cantor e compositor Márcio de Camillo criou o aplicativo ‘Crianceiras’. Até hoje, o app está disponível tanto para Android quanto para iOS, e é gratuito.

Leia também:
Revista mato-grossense era feita somente por mulheres em 1916

Márcio esteve em Cuiabá para participar do projeto ‘Lê pra Mim’, e apresentou a tecnologia para as crianças presentes no encerramento. ‘Crianceiras’ reúne clipes de músicas animados com canções que foram criadas a partir do trabalho do escritor Manoel de Barros e ainda poesias interativas, das quais saem sons, palavras e ilustrações feitas pela sua filha, a artista plástica Martha Barros.
 
Natural de Campo Grande, o cantor contou que o aplicativo foi um desdobramento de um projeto de mesmo nome, que foi concebido e lançado em 2012, levando um disco e um espetáculo ao público. Manoel de Barros conheceu a iniciativa e acompanhou sua produção. Além do aplicativo, Márcio e outros artistas encenam o espetáculo Crianceiras, que já foi realizado 250 vezes.
 
Lê pra mim
 
Márcio esteve em Cuiabá para participar do projeto ‘Lê pra mim’, que teve apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDS). Idealizado pela atriz Sonia de Paula e pelo produtor Marcelo Aouila, ambos da empresa Somar do Rio de Janeiro, o projeto leva artistas nacionais e regionais para lerem histórias para crianças em todo o Brasil.
 
Antes de sua leitura, Marcio declamou uma poesia de Manoel de Barros e ao final, cantou uma canção também a partir dos textos de Manoel. ele realizou duas leituras na tarde de da quinta-feira (21).
 
Estima-se que mais de 900 pessoas passaram pelo Prédio do Palácio da Instrução, que abriga a Biblioteca Estadual Estevão de Mendonça, nos três dias de evento, e 800 crianças participaram das atividades a partir do agendamento escolar realizado pela Secretaria municipal de Educação de Cuiabá. Outras três escolas públicas e privadas estiveram presentes com alunos com idades entre 4 a 10 anos, o que rendeu uma sessão extra no último dia.
 
Também estiveram presentes estudantes de licenciatura de duas Universidades, ambas com interesse na ludicidade e didática do evento, como também na observação das narrativas em Libras.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet