Olhar Conceito

Terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Notícias | Comportamento

Nesta terça

Após campanha nas redes sociais, ‘Duda’ fará transplante de medula óssea no Albert Einstein

Foto: Arquivo Pessoal

Após campanha nas redes sociais, ‘Duda’ fará transplante de medula óssea no Albert Einstein
Após uma intensa campanha nas redes sociais, a pequena Maria Eduarda dos Santos, de 7 anos, passará, nesta terça-feira (26), por um transplante de medula óssea. O procedimento será realizado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, onde a família já se encontra há duas semanas.

Leia também:
Criança de sete anos que mobilizou redes sociais encontra doador de medula óssea fora do Brasil

Maria Eduarda foi diagnosticada com leucemia aos três anos de idade. Em abril de 2018, precisou ser internada novamente, quando foi constatado o retorno da doença. Foi em novembro que ela, finalmente, conseguiu um doador de medula óssea. Apesar de o nome do doador não poder ser divulgado, sabe-se que ele é de fora do Brasil.

Na última segunda-feira (25), a mãe da garota, Ritielli Hartz, fez uma postagem no Facebook comemorando o transplante. “Amanhã será o grande dia, o recomeço da sua história, da sua Vida, das nossas vidas. Peço a Deus que coloque suas mãos sobre você e prepare tudo do jeitinho que tem que ser. Daremos amanhã um passo muito importante, o tão esperado transplante! Peço a cada um de vocês que orem pela vida da minha filha, que peçam para Deus interceder na vida dela e que o corra tudo bem, do começo ao fim, pois nossa caminhada aqui ainda é longa, mas tenho certeza de que será linda e vitoriosa. Sim, vamos vencer!”, publicou.

Segundo a avó de Duda, Dagliane dos Santos, no entanto, a ‘luta’ não acaba agora. “Depois que pegar a medula, vou ter que alugar outra casa aqui em São Paulo, e lá vão mais gastos”, disse. “Ficaremos aqui por seis meses, e depois retoremos para Barretos. Já tenho uma casa alugada lá, e não nos desfizemos, pois retornaremos”.

“Após a pega da medula e da alta hospitalar tem que vir todo dia no hospital para acompanhamentos. Depois de uns meses recomeça a fazer todas as vacinas, como se fosse um bebezinho novo. Só tem alta para retornar para Cuiabá depois que todas as vacinas forem aplicadas. É uma nova vida para nossa princesa guerreira”, completa a avó.

Maria Eduarda foi internada no Hospital do Amor, em Barretos, em 2018, e vai continuar o tratamento lá depois do transplante. Segundo a avó, após a cirurgia será necessário no mínimo um ano de acompanhamento, se não houver nenhuma rejeição.
Por este motivo, a ‘Vaquinha online’ e os pedidos de doação continuam. Agora, a avó de Duda planeja fazer um novo bingo, daqui a cerca de um mês, também em prol do tratamento. O evento ainda não tem data, mas a família pede doações de ‘prendas’, que podem ser entregues na Ridan Corretora, Rua Presidente Marques, 1195, sala 03 edifício Cuiabá Center.

Quem tiver interesse e puder ajudar, a família criou uma “Vakinha Online” para receber as doações que podem ser feitas também diretamente nas contas;

Banco Bradesco 
Ag 5355
C/c 4349-4 
Ritielli Santos da Silva
CPF 019.992.471-67

Caixa econômica 
Ag 2685
C/c 013 3052-2 
Poupança 
Maria Eduarda Santos Sandoval 
CPF 056.906.651-42
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet