Olhar Conceito

Quarta-feira, 29 de junho de 2022

Notícias | Literatura

pai de blairo

Jornalista de Mato Grosso lança biografia sobre fundador da Amaggi

Foto: Reprodução/Internet

Jornalista de Mato Grosso lança biografia sobre fundador da Amaggi
A história do gaúcho André Antonio Maggi, fundador da Amaggi, foi contada pela jornalista Martha Baptista em livro lançado pela Entrelinhas na última segunda-feira (22). "André Maggi: do cabo da enxada ao centro do agronegócio brasileiro" tem 352 páginas, e descreve a trajetória dele, que foi um dos expoentes do agronegócio, desde o trabalho no roçado até o sucesso.

Leia também:
Sarau cultural tem música, literatura e artes plásticas nesta quinta-feira

André Maggi faleceu em 2001, mas deixou um legado para o agronegócio mato-grossense. Para relatá-lo, a jornalista se baseou em pesquisa, entrevistas e rico acervo fotográfico.

O gaúcho chegou a Mato Grosso na segunda metade do século XX, junto a outros homens que saíram de suas cidades em busca de trabalho em novas terras. Sua família mudou-se primeiro para o Paraná, em 1950, e em 1980 compro as primeiras terras em Mato Grosso. Neste meio tempo, André lidou na roça com mandioca, abacaxi e banana, trabalhou como madeireiro e plantou arroz.

Foi com a soja, no entanto, que ficou conhecido como um dos mais importantes empreendedores brasileiros, ao fundar o que veio a se tornar a Amaggi, maior empresa brasileira de agronegócio – que em 2018 teve receita líquida de receita de R$ 17,3 bilhões.O empresário fundou fazendas no noroeste de Mato Grosso, e ergueu o município de Sapezal, do qual foi o primeiro prefeito, construiu hidrelétricas, venceu distâncias abrindo hidrovias nos rios amazônicos para exportar grãos pelo Oceano Atlântico, e morreu aos 74 anos com reputação de pioneiro.

Martha Baptista, escritora da biografia, é jornalista e já trabalhou em veículos como o jornal O Globo, a revista Veja e o Jornal do Brasil, entre outros da imprensa nacional. Em Mato Grosso, se especializou no agronegócio, escrevendo pela revista Produtor Rural e atuando em assessorias de imprensa do setor.

Foi vencedora do Prêmio Esso de Jornalismo (categoria Informação Política, em 1987) e do Prêmio Embrapa de Reportagem (2005), entre outros. É também autora de três livros que publicou pela editora Entrelinhas.

"André Maggi: do cabo da enxada ao centro do agronegócio brasileiro" está disponível para venda pelo site da editora Entrelinhas. A renda obtida com as vendas será revertida para a Fundação André e Lucia Maggi, instituição sem fins lucrativos que promove o investimento social privado da AMAGGI nas comunidades onde a empresa atua.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet