Olhar Conceito

Segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Notícias / Política Cultural

'Festival da Juventude' terá shows, oficina de confecção de currículos, posse do Conjuve e mais

Da Redação - Isabela Mercuri

10 Jul 2019 - 14:05

Foto: Olhar Conceito

'Festival da Juventude' terá shows, oficina de confecção de currículos, posse do Conjuve e mais
O primeiro Festival da Juventude de Cuiabá acontece no próximo dia 9 de agosto, sexta-feira, das 13h às 22h, na Orla do Porto. Com entrada gratuita, o evento contará com palestras, oficinas e atrações culturais, além da posse dos membros do Conselho Municipal da Juventude (Conjuve), que foram eleitos em maio deste ano.

Leia também:
Exposição em homenagem a Dante de Oliveira fica até sexta-feira na ALMT

Um dos parceiros do evento será a Ordem dos Advogados do Brasil, que participará por meio de três comissões, com palestras sobre primeiro emprego, crimes cibernéticos, suicídio, bulliyng e automutilação nos jovens, além de ações afirmativas na educação pública.

“Com relação ao primeiro emprego nós temos, principalmente pelo motivo principal do festival, o intuito de esclarecer as dúvidas e também abordar o que é necessário para que aquele jovem ingresse e observe no momento de ser contratado no seu primeiro emprego”, explica Pedro Henrique Marques, presidente da Comissão da Jovem Advocacia da OAB. “E os crimes cibernéticos estão cada vez mais em voga, temos infelizmente a cada dia que passa um novo crime, uma nova conduta criminosa criada, e é difícil controlar. A tecnologia não para, ela é dinâmica, e por essa razão nosso intuito com a palestra do festival é trazer ao jovem elucidações sobre o que se trata os crimes cibernéticos, para que se tenha conhecimento para que não ocorra ou volte a ocorrer essa prática tão nefasta”.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também estará com um estande, onde vai abordar principalmente a educação no trânsito. “Nosso papel é sempre demonstrar que, se nós educarmos as crianças e adolescentes, teremos menos problemas com adultos. Nós vamos entrar com a parceria desta forma, buscando desenvolver a cidadania, fortalecer a cidadania nessas crianças e adolescentes participantes do projeto. Vamos colocar equipamentos nossos e palestrantes para falar sobre o assunto específico de transito, mas outras variantes também”, declara o chefe de operações da PRF Mato Grosso, Alvino Domingues.

O festival terá entrada gratuita, e será dividido em dois momentos, o cultural, e o de cidadania. Para as palestras e oficinas, será necessário fazer inscrições (que já estão abertas na própria Prefeitura). O evento contará, por exemplo, com oficinas de confecção de currículos e de oratória, impressão de currículos, cadastro no CIEE para o primeiro emprego, orientação vocacional e exposições da Polícia Militar sobre os resultados do Proerd, e do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), sobre seus cursos.

Na parte cultural, haverá oficinas de capoeira e de cheerleader, apresentações de capoeira, batalha de hip hop, grupo de siriri, coral, além de show das baterias das atléticas e shows regionais de rock, sertanejo e samba.

Conjuve

Um dos principais acontecimentos do Festival será a posse dos conselheiros do Conjuve. O Conselho surgiu a partir do pedido dos próprios jovens, que no início de 2019 se reuniram com Emanuel Pinheiro para apresentar a demanda.

O prefeito acatou a ideia e deixou que eles mesmos elaborassem um projeto de Lei para a criação, que foi encaminhado à Câmara de Vereadores e, depois, sancionado pelo Executivo. “É um passo gigantesco de valorização da nossa juventude, de respeito aos movimentos sociais, de respeito à natureza de uma cidade que vive daqueles que vivem dela, vive dos movimentos que faz de Cuiabá essa cidade tão interessante, charmosa e aprazível, e eu tenho o dever de mantê-la dessa forma, mas como um maestro”, declarou Emanuel, no lançamento do evento. “O prefeito deve ser o grande agente facilitador das causas sociais. Só de não atrapalhar, o prefeito já ajuda demais. Uma juventude como essa, tão participativa, com uma energia positiva enorme, um desejo de participar, e de construir políticas publicas para melhorar a vida em sociedade, tem o direito e o dever de se expressar e de participar”.

Thaís Brasil, representante do Conjuve, presidente do Conselho Estadual de Juventude e representante da União Mundial de Mulheres, comemorou a criação do Conjuve. “Quando falamos de juventude nós falamos também de mulheres, LGBTs, negros e negras, juventude trabalhadora, juventude estudante... Falar de juventude é falar de atualidade e do futuro da nossa sociedade”, disse. “Pra nós do conselho Estadual é uma grande honra saber que a capital de Mato Grosso, hoje, demonstra o quanto valoriza a juventude. Esse Festival é um exemplo de que quando a gente quer, forças existem para que a gente realize um grande evento e valorize a juventude através de um Conselho”.

A iniciativa foi comemorada também pelo conselheiro do segmento estudantil secundarista Juares França, que lamentou uma postura diferente do executivo estadual. “A gestão municipal está à frente porque tem trazido a juventude como protagonista de um papel. Não algo aleatório. Enquanto a gestão estadual exclui a Superintendência de Juventude, a Prefeitura cria o Conjuve, cria um espaço onde os jovens possam ter voz, e onde os jovens possam ter oportunidade de acesso à cultura, esporte, lazer e cidadania”.

Para o secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Francisco Vuolo, o festival é o primeiro passo para a efetiva formação do Conselho. “A determinação do prefeito Emanuel Pinheiro é de garantir que nós possamos desenvolver políticas públicas voltadas para essa nova geração que vem construindo a nossa cidade de Cuiabá e que prospectará os próximos 300 anos. Por isso, em Cuiabá, instalamos o Conselho Municipal. Este Conselho vai cumprir o papel junto ao poder público e à sociedade organizada, de definir os parâmetros e ações que teremos com a aplicação de recursos públicos e parcerias que ocorrerão com a iniciativa privada. E nada melhor do que você iniciar um processo como este convidando a sociedade para um grande festival”.

O investimento na infraestrutura do Festival será na ordem de R$20 mil a R$30 mil, oriundos da Secretaria de Educação. Além disso, os parceiros também entrarão com patrocínio, e a Prefeitura deve buscar a iniciativa privada para custear os shows.

O Festival da Juventude é realizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, em parceria com as secretarias de Educação, Ação Social e Saúde. Também são parceiros a OAB, o IFMT, o Rotaract, a Polícia Militar e a Faculdade de Cuiabá (Fauc).

Serviço

Festival da Juventude
Data: 9 de agosto
Horário: das 13h às 22h
Local: Orla do Porto
Inscrições para palestras e oficinas – na Prefeitura

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Redes Sociais

Sitevip Internet