Olhar Conceito

Quinta-feira, 29 de julho de 2021

Notícias / Música

o rei

Aos 78, Roberto Carlos canta por duas horas acompanhado de multidão em Cuiabá

Da Redação - Isabela Mercuri

12 Ago 2019 - 11:03

Foto: Divulgação

Roberto em Cuiabá no último sábado

Roberto em Cuiabá no último sábado

Engana-se quem pensa que Roberto Carlos não tem mais energia para encantar o público. No último sábado, durante duas horas, ele cantou acompanhado de uma multidão de oito mil pessoas, no Parque de Exposições da Acrimat, em Cuiabá. Acompanhado da banda impecável, o ‘rei’ passou por clássicos de sua carreira, desde a Jovem Guarda, até o mais novo sucesso composto para a novela ‘A Força do Querer’, em 2017, “Sereia”. O show foi trazido pela AC Music. 

Leia também:
Zeca Pagodinho, Sérgio Reis e Renato Teixeira são atrações confirmadas no festival de inverno de Chapada

O show estava programado para começar às 20h30, e o maestro e a banda começaram entoando ‘Como é grande o meu amor por você’ às 20h45. O rei subiu ao palco minutos depois, e iniciou o espetáculo cantando ‘Emoções’, sucesso composto ao lado de Erasmo em 1981, que hoje dá nome à sua empresa especializada em imóveis de alto padrão, ‘Emoções Incorporadora’, e ao projeto que realiza há 15 anos, ‘Emoções em Alto Mar’.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

As imagens dizem tudo... 👏👏🙏🙏

Uma publicação compartilhada por Cesar Flashback (@cesarflashback) em



Sempre simpático, e mantendo a pose de garanhão, o cantor passou, ainda, por sucessos como ‘Como vai você’, ‘Detalhes’ – que cantou acompanhado do violão -, ‘Outra Vez’, ‘Lady Laura’, ‘O Calhambeque’ – precedido de uma introdução faraônica dos metais - ‘Ilegal, imoral ou engorda’, e ‘Você em minha vida’.

Desta última, o cantor fez questão de explicar a inspiração, que veio de uma entrevista que ele assistiu de Frank Sinatra. “Na entrevista perguntaram a Sinatra sobre Ava Gardner, seu grande amor. Ele respondeu que ela foi o melhor e o pior de sua vida”, confessou o rei.

Um dos pontos altos do show se deu quando Roberto apresentou sua banda, o que fez com orgulho e sem pressa. O cantor afirmou com convicção que os músicos que o acompanham estão entre os três melhores do mundo – para cada instrumento. E eles fizeram valer o elogio, promovendo um espetáculo de metais, cordas e cozinha. Roberto terminou o show com ‘Jesus Cristo’, e passou longos minutos entregando as rosas vermelhas e brancas a seu público, que deixou satisfeito o Parque de Exposições.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet