Olhar Conceito

Quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Notícias / Cinema

Secretaria de cultura quer criar comissão para atrair produções cinematográficas nacionais para MT

Da Redação - Isabela Mercuri

12 Set 2019 - 08:09

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Secretário adjunto de cultura de MT, Paulo Traven

Secretário adjunto de cultura de MT, Paulo Traven

O cinema tem o poder de criar desejo nos espectadores. Seja por um prato, um produto, ou um destino turístico. Foi pensando nisso que o secretário adjunto de cultura de Mato Grosso, Paulo Traven, iniciou um projeto para a criação de uma ‘Film Comission’ no Estado, com a função de atrair produções cinematográficas nacionais para as cidades mato-grossenses.

Leia também:
Após ter 100 hectares queimados, Parque Serra Azul será reaberto para turismo

“Existem algumas ‘Film Comissions’ no Brasil, que é um pequeno setor. Em São Paulo, por exemplo, tem oito pessoas – para a cidade de São Paulo, que tem muito mais habitantes que Mato Grosso. A função da ‘Film Comission’ é atrair produções externas para dentro do estado, facilitando o trâmite”, explicou Paulo, na manhã desta quarta-feira (11), durante o lançamento da Semana do Turismo, no Hotel Paiaguás.

Segundo o secretário, a comissão trabalha com a facilitação em diversos setores, desde a liberação para fechar uma rua, até a hospedagem no local. “A função da Film Comission é organizar o Estado para receber as produções... ser um elo para a produção com as instâncias do poder público no Estado”, garante.

Neste primeiro momento, o trabalho do secretário é de sensibilizar o setor turístico para mostrar o quanto este trabalho é importante. Em breve, por exemplo, a secretaria trará André Faria, diretor executivo da Rebrafic, a agência reguladora nacional nesse setor, para fazer uma palestra sobre o assunto.

“Os dados econômicos nesse sentido são muito promissores”, garante. “Quando a cidade aparece num filme nacional, aumenta o número de venda de pacotes para lá”. O secretário citou filmes brasileiros, por exemplo, em que aparecem cidades americanas. “Tem dados que dizem que toda vez que esse filme é reexibido na TV Brasileira, aumenta o número de pacotes para aquelas cidades que aparecem. Então a gente está num esforço de juntar o audiovisual com o turismo nesse sentido, facilitando as produções e atraindo turismo para as nossas cidades”, finalizou.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • alex r
    13 Set 2019 às 10:38

    Acho interessante , porém o brasileiro em via de regra quer cobrar em 1 dia de hospedagem o mês todo de outros lugares... Então enquanto não conseguirmos mudar a regra do menos esforço será nada acontece feijoada...

  • Chico Bento
    13 Set 2019 às 08:01

    Vicente, ninguém está falando em Cuiabá, mas em estado de Mato Grosso. Há muitas cidades no interior, modelo de urbanização. Há muitas fazendas com melhoramento genético dos animais e produção de grãos que são modelos de desenvolvimento. Há rios piscosos, lagos, cachoeiras e paredões para rapel e outras atividades esportivas. Saia de Cuiabá, que nunca foi uma cidade planejada, cujos moradores do passado jamais pensaram que no futuro seria uma capital com muitos habitantes. Agora quanto aos filmes, infelizmente as produções brasileiras não mostrarão o que há de melhor, mas o que existe de pior. Isso podes ter certeza.

  • Vicente
    12 Set 2019 às 09:53

    Essa é a política para desenvolvimento do turismo em Cuiabá? Que pobre. O turista chega aqui e vai encontrar uma cidade enfumaçada, impossível de respirar, decadente, com mais polícia do que habitante nas ruas. Nada atraente... Cuiabá já era. Pior capital do país para se viver. Poluída, cheirando a dejetos de fábrica de ração, violenta, sem atrativos, enfadonha, calorenta.

Redes Sociais

Sitevip Internet