Olhar Conceito

Domingo, 15 de dezembro de 2019

Notícias / Música

Após gravar com Rick Bonadio, Ponto 6 prepara lançamento de nova fase da banda

da Redação - Isabela Mercuri

10 Nov 2019 - 08:45

Foto: Divulgação

Após gravar com Rick Bonadio, Ponto 6 prepara lançamento de nova fase da banda
Em 2016, parecia que a banda ‘Ponto 6’ havia chegado a seu auge. Uma das escolhidas para gravar a ‘Coletânea Midas Music New Acts 2’ no ano anterior, ela ganhou a simpatia de Rick Bonadio, que convidou os integrantes para gravar um EP completo. Foi sucesso, e os meninos fizeram shows em todo o Brasil, até que perceberam que estavam estagnados. Em fevereiro deste ano, decidiram dar uma pausa nas apresentações ao vivo e voltar para dentro do estúdio – de Wel, já que não renovaram o contrato com a Midas. Com nova formação e outras propostas, agora a ideia é, ainda este ano, lançar um novo trabalho, que marcará a nova fase do grupo.

Leia também:
Banda cuiabana fecha contrato com produtor musical que lançou CBJr, Mamonas, NX Zero e outros

“Como a gente lançou o trabalho com o Rick Bonadio, teve bastante mídia, bastante coisa, a gente acabou se acomodando e não lançando coisas futuras, ficamos em cima daquilo por muito tempo, o que eu acho que é um erro. Mas a gente percebeu esse erro”, conta Wel Ribeiro, guitarrista e tecladista da banda, que hoje ainda tem ‘Déds’ nos vocais, e traz a novidade de Nicholas na bateria. Bocão e Lucas, baterista e baixista, respectivamente, seguiram outros projetos pessoais.

Desde fevereiro, os três integrantes seguem em produção intensa. “Se a gente for lançar um conteúdo a cada 15 dias, a gente tem uns 5 meses, pelo menos, de lançamento. Sem fazer nada. Então a gente resolveu fazer muita coisa, pra ter uma janela muito boa de constância, o que a gente não teve no passado, já que ficamos dois anos sem lançar”, explica o guitarrista.

O estilo ainda é rock’n’roll, mas com mais liberdade. “A gente percebeu que o som estava muito anos 2000 ainda, e a gente queria modernizar. Decidimos abusar de um lance mais eletrônico. Não que a Ponto 6 virou uma banda dance, nem nada do tipo. Ainda é uma banda de rock, porém tem uma pegada eletrônica no meio. Não ficamos com vergonha de colocar um monte de teclado... por exemplo, eu sou guitarrista da banda, e tem música em que eu não toquei guitarra. A gente realmente parou para pensar, escutar a música e falar, o que essa música precisa? Sem estar preso a parecer com a banda x ou y”, completa Wel.



Ainda não há data para o lançamento do próximo trabalho, mas o projeto é publicar o EP, com seis músicas, ainda em 2019, junto a um videoclipe. Depois disso, serão divulgados os clipes de todas as outras músicas, aos poucos, além de outros conteúdos, como versões de músicas antigas.

Apesar de a Ponto 6 não ter assinado a renovação de contrato com a Midas Music – que lançou nomes como Mamonas Assassinas, Charlie Brown Jr., Fresno, NX Zero, Tihuana, CPM 22 e muitos outros – as portas com o proprietário, Rick Bonadio, continuam abertas. “A gente percebeu que aproveitaríamos muito mais isso em outro momento da carreira. Foi legal pela mídia que gerou, pelo conhecimento que gerou, e a gente formou uma autoridade. Querendo ou não, as pessoas nos veem como uma banda que chegou longe, e realmente, a gente tem total noção disso, e ficamos muito felizes... Porém, a gente entende que se a gente continuasse ali, naquele momento em que estávamos, por uma questão empresarial mesmo, ou até de burocrática em si, não seria o ideal”, explica o guitarrista. “Mas o pessoal do estúdio nos conhece, e no momento certo, em que for necessário, vamos para lá, se for o caso. As portas estão abertas de ambos os lados. Foi uma decisão da banda de não continuar, naquele momento, porque a gente viu que não era o melhor caminho a seguir”.

Serviço

Ponto Seis
SPOTIFY; YOUTUBE

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Elisabeth Moraes
    10 Nov 2019 às 23:53

    Esse rapaz do violão é charmoso.

Redes Sociais

Sitevip Internet