Olhar Conceito

Segunda-feira, 02 de agosto de 2021

Notícias / Música

a festa voltou

Prefeitura confirma carnaval de rua com atrações nacionais, blocos e premiação de R$ 100 mil

Da Redação - Arthur Santos da Silva

17 Jan 2020 - 18:00

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Prefeitura confirma carnaval de rua com atrações nacionais, blocos e premiação de R$ 100 mil
O Secretário de Cultura, Esporte e Turismo de Cuiabá, Francisco Vuolo, confirmou a realização do carnaval de rua em 2020. Evento, que deve ocorrer na Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), contará com desfiles de blocos, premiação de R$ 100 mil e atrações nacionais.

Leia também 
Prefeitura quer resgatar antigos blocos carnavalescos em 2020, diz Emanuel

 
“Vai ser o carnaval da gente. Estamos trabalhando para que aconteça em parceria com a Acrimat. Já estivemos com os blocos carnavalescos, já definimos a premiação, que ficou em torno de R$ 100 mil, distribuídos de acordo com regulamento que está sendo desenvolvido pelos próprios blocos. Estaremos lançando de forma oficial, na semana que vem, o evento. Teremos uma belíssima festa com atrações nacionais e regionais para fortalecer esse período de reinado de Momo na nossa Capital”.
 
O secretário explicou a escolha da Associação dos Criadores como local da festa. Segundo ele, a Orla do Porto, que se tornou um dos mais importante pontos de confraternizações e eventos culturais, não é apropriado para o formado da festa.
 
“A Orla é um local espetacular para se promover o carnaval voltado para eventos de palco. Quando se pensa em desfiles de bloco, de escola de samba, não é um local apropriado, pois as árvores já estão grandes, a pista é muito movimentada e o impacto na movimentação do trânsito é muito grande. Existem muitas pessoas que ficam satisfeitas com o carnaval na Orla, mas existe um número de reclamações muito alto. Então faremos essa experiência na Acrimat, que apresentamos aos blocos e foi aprovado por unanimidade”.
 
Em 2019, o Carnaval de rua não foi realizado, e o desfile das escolas de samba foi transferido para o aniversário de 300 anos da capital. No entanto, a festa dos 300 anos também foi cancelada depois que o Estado, seguindo uma orientação do Ministério Público, inviabilizou o uso da Arena Pantanal para a realização da festa. 

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet