Olhar Conceito

Quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Notícias / Cinema

Nova produção da MT Queer aborda relacionamento abusivo e transfobia no meio LGBT

Da Redação - Isabela Mercuri

01 Ago 2020 - 14:15

Foto: Divulgação

Nova produção da MT Queer aborda relacionamento abusivo e transfobia no meio LGBT
Cumprindo sua promessa de lançar um trabalho por mês até o final de 2020 e bater um milhão de visualizações no canal do Youtube, a MT Queer publicou, na última sexta-feira (31), a nova minissérie “Amor de verão”. A produção audiovisual aborda temas como relacionamento abusivo e transfobia no meio LGBT.

Leia também:
Coletivo negro ‘Quariterê’ traz oito curtas à Temporada de Filmes Online desta semana
 
De acordo com a assessoria, a série explora as belezas naturais da comunidade rural de João Carro no município de Chapada dos Guimarães. Na história, Thiago é um jovem da cidade, assumido, bem resolvido e que teve o apoio da família e amigos ao se assumir homossexual.
 
Durante uma expedição com amigos pela zona rural, ele acaba se interessando pelo Luiz, que é guia de turismo da região. Os dois se relacionam e vivem um “amor de verão”. “Pra mim a minissérie e muito importante e deve ser de interesse público por abordar questões da nossa sociedade, preconceitos sofridos no nosso dia a dia e por evidenciar que temos muito o que melhorar como comunidade que luta por igualdade e equidade”, afirma Deivi Leão, que interpreta Luiz.
 
Edy Lima, ator que interpreta Tiago, afirma que a principal mensagem que deixa é que nunca é tarde para viver um grande amor e que podemos recomeçar quantas vezes for preciso.
 
A trilha sonora da minissérie ficou por conta do cantor e ator Piettro e do músico Wellington Berê. Já o figurino teve o apoio da designer de moda Jane Klitzke.
 
Site
 
Além da minissérie, o MT Queer apresenta uma nova plataforma de venda de produtos exclusivos para o público LGBTQI+. “Essa foi a maneira que nós encontramos para financiar as produções e os gastos que temos como: locomoção e alimentação do grupo”, afirmou o diretor de produção Elton Martins.
 
Além das camisetas, o púbico poderá conhecer melhor o coletivo e ficar por dentro de todas novidades, minisséries, curtas e longas metragens que estarão disponíveis na plataforma.
 
Com quase 800 mil visualizações no Youtube e chegando à marca de 10 mil inscritos no canal, o MT Queer pretende lançar um trabalho por mês até o final do ano e bater 1 milhão de visualizações.
 
“Nosso objetivo é mostrar para toda população que somos unidos e fortes, lutando cada dia para superar nossos desafios e preconceitos, pretendemos ser o maior canal do Brasil nesse seguimento e temos a certeza que com nosso trabalho chegaremos lá”, afirma o diretor.

Assista à série AQUI.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet