Olhar Conceito

Quarta-feira, 16 de junho de 2021

Notícias / Artes visuais

LEI ALDIR BLANC

Classificado como 'Van Gogh do Cerrado', Benedito Nunes será personagem de documentário

Da Redação - Pedro Coutinho Bertolini

07 Mar 2021 - 11:15

Foto: Reprodução

Autorretrato de Benedito Nunes

Autorretrato de Benedito Nunes

Projeto que está sendo produzido pela artista Tânia Prado retratará vida e obra de Benedito Nunes, que morreu em 2 de março de 2021. Neste tributo ao artista que representa a “geração 80” do Ateliê Livre estão previstos um site oficial que reunirá acervos e também realização de uma oficina de arte.

Leia também 
Projeto aprovado na Lei Aldir Blanc digitaliza obras de Dalva de Barros


Ao longo da vida, obras de Benedito foram expostas em mostras coletivas e individuais, como nos Museus de Arte Moderna de São Paulo e Rio de Janeiro, além de ter sido premiado em edições do Salão Jovem Arte Mato-Grossense.

A artista visual Tânia Pardo, proponente do projeto, ressalta a importância de Nunes para a formação. “Por vários anos, Benedito Nunes ministrou oficinas na Casa Cuiabana e também circulou por muitos municípios, tendo incentivado assim, o surgimento de novos talentos”.

Benedito, desde os primórdios, se destacou pela linha realista. Além de enfocar momentos da vida urbana e periférica, também percorreu paisagens do Centro-Oeste, principalmente o Cerrado. O artista foi classificado, muitas vezes como impressionista, e até chamado de Van Gogh do Cerrado, era um artista contemporâneo que retratava a natureza e o cotidiano.

E então, registrava cenas do seu cotidiano como o burburinho no salão de beleza da irmã, na sala de sua casa, até os troncos retorcidos, formigueiros e detalhes do Cerrado reproduzidos em telas de grandes dimensões.

O projeto Tributo ao Mestre do Cerrado foi selecionado no edital Conexão Mestres da Cultura, realizado pelo Governo de Mato Grosso via Secretaria de Estado de Cultura, Esportes e Lazer (Secel-MT), em parceria com o Governo Federal, via Secretaria Nacional de Cultura do Ministério do Turismo.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet