Olhar Conceito

Notícias / Comportamento

Mãos Solidárias

Projeto da Polícia Militar entrega sopa para famílias carentes de Cuiabá

Da Redação - José Lucas Salvani

06 Mai 2021 - 14:30

Foto: Reprodução

Projeto da Polícia Militar entrega sopa para famílias carentes de Cuiabá
O projeto “Mãos Solidárias”, organizado pelo 24º Batalhão da Polícia Militar em Cuiabá, está entregando sopas para famílias carentes na capital mato-grossense. A entrega começou na última terça-feira (4), no Novo Milênio, em parceria com a vice-presidente do bairro, Maria do Amparo, e o Centro de Referência da Assistência Social, localizado no bairro São João Del Rey.

Leia também:
Documentário sobre Marília Beatriz Leite traz depoimentos de amigos e familiares

Na primeira ação realizada na terça-feira, cerca de 70 pessoas foram beneficiadas. Além da sopa, todas elas puderam levar para suas casas uma cesta de frutas e verduras. Segundo o tenente coronel da Polícia, Óttoni Cézar Castro Soares, a ação visa realizar a entrega de sopas em outros bairros da capital, uma vez por semana.

“Na realidade, o que eu tenho feito? Tenho visitado os bairros que integram a circunscrição do batalhão, do qual eu sou comandante, com esse olhar de identificar uma pessoa ou liderança comunitária que queria sediar isso. Então corremos atrás de parceiros para arrecadar verduras e o que conseguir para uma vez por semana servir uma sopa”, detalha o tenente ao Olhar Conceito.

Foi em uma dessas visitas ao bairro Novo Milênio que Óttoni conheceu Maria do Amparo na última segunda-feira (3). Ela é uma das parceiras do “Mãos Solidárias” e auxiliou com nomes de pessoas e famílias carentes que precisam de ajuda, além de oferecer sua residência como ponto de entrega das sopas e verduras.

Óttoni, que também faz parte da Associação Espírita Wantuil de Freitas, em Cuiabá, explica que sempre realizou ações sociais desde quando assumiu o 24º Batalhão em fevereiro de 2021. As primeiras ações foram pontuais, como algumas entregas de cesta para famílias carentes que conhece.

“As pessoas que olharem podem até se perguntar o que uma ação dessa tem relação com a atividade da polícia militar. Muitos pais estão desempregados ou que às vezes vão fazer um freelance e ficam o dia todo. Na realidade, essas crianças e adolescentes [desamparadas] podem ser cooptados por organizações criminosas. Então, um projeto como esse mobiliza as famílias para se conhecerem e se ajudarem”.

Para a primeira sopa, as verduras foram doadas pela senhora Baixinha, conforme é conhecida na capital, da Central de Abastecimento de Cuiabá. Os demais colaboradores optaram por permanecer no anonimato. Para contribuir com doações, basta entrar em contato com o tenente coronel pelo número (65) 99972-4831 ou pelo Instagram do 24º Batalhão da PM.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet