Olhar Conceito

Segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Notícias / Turismo

BIOSSEGURANÇA

Cuiabanos vacinados contra covid-19 já podem viajar para sete países; veja quais

Da Redação - José Lucas Salvani

19 Jul 2021 - 10:32

Foto: Reprodução

Cuiabanos vacinados contra covid-19 já podem viajar para sete países; veja quais
Cuiabanos que já tomaram doses de Astrazeneca, Pfizer, Coronavac ou dose única da Janssen, podem começar a arrumar as malas porque seis países no mundo liberaram a entrada de brasileiros nas últimas semanas. Apesar da liberação dos vacinados, alguns países, como a França e Qatar, ainda não aceitam aqueles que se imunizaram com a Coronavac.

Leia também:
Após serem vacinados, idosos começam a procurar destinos de viagem, revela consultora

Segundo o Estadão, ao todo, seis países abriram as portas para os brasileiros imunizados: Suíça, Marrocos, Belize, República Dominicana, Bahamas e, o mais recente a liberar, França. Ainda de acordo com Viagem e Turismo, o Qatar também liberou a entrada dos vacinados. Já México, Costa Rica e Aruba não exigem vacinação, apenas testes negativos contra covid-19.

As Bahamas exigem que os turistas estejam 100% vacinados há pelo menos duas semanas para que sejam isentos de realizar testes de covid-19 antes da viagem. São aceitos vacinados pela Pfizer, Moderna, Janssen e AstraZeneca. Também é exigido vacina contra febre amarela e pessoas ainda não imunizadas precisam de um teste de PCR negativo ou antígeno (caso permaneçam por mais de quatro noites) cinco dias antes da viagem.Todos os viajantes precisam pedir Travel Health Visa.

Belize tem restrições parecidas com as Bahamas - vacinação completa ou exame negativo. As diferenças ficam por exame de PCR feito 96 horas antes da viagem ou antígeno até 48 horas antes. O país também exige que os turistas reservem hotéis com selo Golden Standard, que possuem protocolos de biossegurança aprovados pelo governo. Também é necessário ter sido vacinado contra a febre amarela.

O mais recente a liberar, França autorizou a entrada de brasileiros vacinados pelos imunizantes aprovados pela Agência Europeia de Medicamentos (European Medicines Agency – EMA). Entre as vacinas aplicadas em Cuiabá, a Coronavac ainda está sendo analisada pelo órgão, então estão com entrada liberada os cuiabanos vacinados com Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen.

Marrocos liberou a entrada de brasileiros vacinados no início de julho. Quem estiver vacinado com Astrazeneca/SK Bio, Covishield, Janssen, Moderna, Pfizer/BioNTech, Sinopharm, Sinovac e Sputnik podem embarcar sem precisar fazer quarentena na chegada. É preciso, porém, estar imunizado há pelo menos duas semanas. Apesar da liberação dos vacinados, ainda é necessário apresentar exame de PCR negativo feito 48 horas antes do embarque.

Cuiabanos que quiserem viajar para a República Dominicana precisarão ter a imunização completa há pelo menos três semanas ou um exame PCR negativo realizado com até 72 horas de antecedência.  O país também pede vacina contra a febre amarela e é preciso solicitar um eticket preenchido online antes da viagem.

Os interessados a viajar para a Suíça precisam estar vacinados com qualquer uma das vacinadas aprovadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS): AstraZeneca, Sinovac, Pfizer, Janssen, BioNTech, Moderna, Sinopharm e Serum Institute of India. O turista precisará apresentar junto do passaporte, um comprovante de vacinação ao entrar no país.

A situação do Qatar é similar à da França. Os vacinados com Pfizer-BioNTech, AstraZeneca-Universidade de Oxford, Janssen (Johnson & Johnson) ou Moderna há pelo menos duas semanas poderão entrar, mas quem se imunizou com Coronavac não poderá entrar. O país também exige o envio de um comprovante de vacinação com nome completo do passageiro (igual ao do passaporte) e nome, data e lote da vacina recebida.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet