Olhar Conceito

Quinta-feira, 19 de maio de 2022

Notícias | Astrologia

previsões

Câncer, escorpião e peixes são os signos mais favorecidos em 2022, diz astróloga

Foto: Luana Batista

Câncer, escorpião e peixes são os signos mais favorecidos em 2022, diz astróloga
Câncer, Escorpião e Peixes. Os três signos de água são mais favorecidos em 2022, segundo a astróloga Maria Eunice. O favorecimento é resultado do trânsito do planeta Júpiter por Peixes. O planeta significa expansão, crescimento e boa sorte, podendo representar boas oportunidades para esses três signos.

Leia também:
2022 será um ano difícil, embora tenha alguns alívios, revela astróloga

O período em que esses três signos terá serão mais favorecidos começou no último dia 29 de dezemro de 2021 e se estende até 10 de maio, “quando Júpiter está trafegando por peixe”. No final de outubro até meados de dezembro esse período se repete porque o planeta retorna para peixes.

Apesar de Escorpião ser um dos favorecidos, o signo também estará lidando com desafios ao lado de Touro, Leão e Aquário devido a Saturno, que está transitando no Aquário. O planeta é, como Eunice faz analogia, “aquele cara que vem pedir a lição de casa e ver se a gente fez a coisa direitinho. Ele está desafiando todos esses signos pedindo essa lição de casa”.

Simultaneamente esses signos também estão lidando com Urano. O planeta é associado a independência, mudanças bruscas, dramáticas, radicais e/ou inesperadas e surpresas. Portanto, esses três signos deverão ser mais flexíveis e maleáveis ao longo de 2022.

“A gente fica nesse dilema tenso, e muito tenso, entre essas duas forças que são igualmente muito potentes, brigando dentro de nós. É o velho e o novo; o passado e o futuro; é o quero ficar aqui, quero ir embora; (...) Então são coisas muito contraditórias que estão desafiando todos esses signos e precisam achar uma saída”.

Arianos de primeiro decanato (21 a 31 de março) são favorecidos entre maio e outubro, devido ao trânsito de Júpiter por esse signo. Será uma fase de mais otimismo, energia e vitalidade, mas será necessário ter cuidado com os exageros. Já entre outubro e dezembro, será um momento mais complicado porque Marte ficará retrógrado, o que demanda muita paciência e controle de impulsos por parte dos arianos.

Os librianos devem começar o ano no “modo revisão” de relacionamentos e valores devido ao Vênus retrógrado até 29 de janeiro de 2022. No restante do ano, quando Júpiter entra no signo de Áries, oposto de Libra, os librianos vão precisar ter bastante moderação devido a possíveis exageros e reações dramáticas em situações em geral.

Os signos de Gêmeos, Sagitário Virgem precisarão de autocontrole e foco porque com Júpiter entrando em Peixes traz um aspecto desafiador. Os geminianos devem precisar ter bastante foco e moderação nas expectativas — evitar fazer planos mirabolantes e apostar em planejamentos mais concretos.

Geminianos e virginianos do terceiro decanato (21 a 20 de maio e 23 de agosto a 1º de setembro, respectivamente) também deverão colocar o pé no chão, avalia a astróloga. O mesmo irá valer para sagitarianos.

“O planeta Netuno atualmente desafia também os nativos dessa fase de Gêmeos e Virgem. Netuno um é um planeta que representa ilusões, fantasias, ingenuidade e sonhos também, mas como o aspecto é desafiador às vezes representa a gente sendo muito ingênuo, acreditando em quimeras. Às vezes a gente pode fazer maus negócios ou entrar em relações duvidosas devido a essas fantasias, credulidade e às vezes essas idealizações a respeito de outras pessoas ou de situações acontecendo na vida. Então muito pé no chão”.

Capricórnio também será favorecido pela entrada de Júpiter em Peixes. Nesse sentido, Júpiter fará um aspecto de colaboração e cooperação com os capricornianos do primeiro decanato (22 a 31 de dezembro). Traz sensação de otimismo e favorece um olhar para o futuro com mais esperança, principalmente porque os capricornianos são mais realistas.

Para os capricornianos do segundo decanato (1º a 10 de janeiro), é esperado um bom aspecto de Urano, que promove boas oportunidades de mudanças estruturais e profundas, mas sem grandes crises. Já para aqueles de terceiro decanato (11 a 20 de janeiro) devem levar mais a sério as transformações.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet