Olhar Conceito

Segunda-feira, 24 de junho de 2024

Notícias | Artes visuais

Faleceu em 2021

Mestre da Cultura, Clóvis Irigaray é homenageado em exposição

Foto: Protásio de Morais

Mestre da Cultura, Clóvis Irigaray é homenageado em exposição
Mestre da Cultura Mato-grossense, Clóvis Irigaray está sendo homenageado em uma exposição virtual, que pode ser acessada aqui. Clóvis faz parte de um grupo de 75 personalidades mato-grossenses que foram homenageadas pelo edital “Conexão Mestres da Cultura - Marília Beatriz de Figueiredo Leite", realizado pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), com recursos da Lei Aldir Blanc.


Leia também:
Fulepa, Avião e Bife: quem são os jogadores homenageados com estátuas no Dutrinha

Além da exposição, ainda é possível conferir parte da biografia do artista aqui. Clóvis Irigaray morreu em 03 de abril de 2021, aos 72 anos de idade, de causas naturais, em Chapada dos Guimarães (a 60 km de Cuiabá). Ele chegou a acompanhar o início da execução do projeto em sua homenagem “Irigaray Mestre”.

Sua excentricidade e genialidade o levaram para o mundo. Clóvis Irigaray ganhou notoriedade mundial ao retratar a figura do índio como elemento de protesto. Ele está ao lado de nomes como Humberto Espíndola, João Sebastião e Dalva de Barros, artistas que representam a gênese da pintura moderna em Mato Grosso.

Nasce um artista

Clóvis Hugueney Irigaray nasceu em 1949, no município de Alto Araguaia (a 420 km de Cuiabá). Em 1968, enquanto fazia o curso de direito, em Campo Grande (MS), passou a conciliar os estudos com as artes plásticas. Com giz pastel começou a criar obras que retratavam fetos e vísceras.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet