Olhar Conceito

Segunda-feira, 24 de junho de 2024

Notícias | Literatura

CONFIRA PROGRAMAÇÃO

Patrona Perpétua das Letras em Nova York, Tereza Albuez tem legado resgatado em lançamento de livro e filme-ensaio

Foto: Assessoria

Patrona Perpétua das Letras em Nova York, Tereza Albuez tem legado resgatado em lançamento de livro e filme-ensaio
O legado de Tereza Albues, romancista escolhida como Patrona Perpétua das Letras Brasileiras em Nova York, será resgatado no lançamento do livro “A Dança do Jaguar”, publicado pela editora Entrelinhas, de Cuiabá. Além disso, a cineasta Gloria Albues, lançará o filme-ensaio “Albuesas” em homenagem à sua irmã Tereza, 16 anos após sua partida. O evento acontecerá no Teatro do Sesc Arsenal, dia 27 de setembro às 19h.


Leia mais: 
Obra de Eduardo Mahon será distribuída para mais de cinquenta escolas de Belo Horizonte
 
A contribuição da romancista Tereza Albues para a literatura brasileira poderá surpreender leitores e críticos. Escolhida como Patrona Perpétua das Letras Brasileiras em Nova York em 2013 pela Brazilian Endowment for the Arts e Mestre da Cultura em Mato Grosso em 2022 pelo edital da Lei Aldir Blanc pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso, seu legado será resgatado com o lançamento de mais um livro: A Dança do Jaguar.

Gerald Thomas, diretor de teatro e ópera, disse que “Tereza é uma escritora fenomenal”, “é um terremoto literário”. Ênio Silveira, importante editor brasileiro que publicou os seus primeiros livros, registrou que Tereza “tanto pode ser vista como escritora quanto uma força da natureza”, por sua prosa de ficção ser tão rica e surpreendente.

Natural de Várzea Grande (MT), Tereza Albues graduou-se em Direito, Letras e Jornalismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Viveu por 25 anos em São Francisco e Nova York, nos Estados Unidos, onde escreveu toda sua obra. Seus primeiros romances são ambientados nas planícies pantaneiras, no centro da América do Sul, onde nasceu.

Os livros Pedra Canga, Chapada da Palma Roxa, A Travessia dos Sempre Vivos e O Berro do Cordeiro em Nova York ganharam edição especial em box, cada um dos livros com a capa assinada por um artista plástico de Mato Grosso, como era o seu desejo. Com a sua morte, em 2005, Tereza deixou como legado obra importante para a literatura brasileira com vários livros ainda inéditos, que serão publicados pela Entrelinhas Editora, autorizada pelos seus herdeiros, que vivem em Nova York.

Além do lançamento do livro “A dança do jaguar”, em formato impresso, há muita expectativa para o lançamento do filme-ensaio “Albuesas”. A produção, dirigida por Glória Albues, irmã da escritora e pioneira do audiovisual no Mato Grosso, aborda diferentes aspectos da vida e obra da autora.

“Não se trata propriamente de uma cinebiografia mas de um ensaio que incorpora uma linguagem poética para adentrar o universo existencial e literário de Tereza Albues. Ao longo do filme, duas realidades distintas – Mato Grosso e a cosmopolita Nova York, onde a autora viveu por 25 anos e onde veio a falecer – se confrontam e convivem simultaneamente, quase que numa dimensão paralela, num discurso inacabado, misterioso e evocativo como a própria existência e que permite revelar momentos de incisiva reflexão em meio à violência, à injustiça, ao preconceito e as humilhações que pontuaram a vida da protagonista”, garante Glória Albues.

O filme, que estreia dia 27 de setembro, dia de lançamento do livro “A dança do jaguar”, integram o projeto “Conexão Tereza Albues”, proposto pela editora da Entrelinhas, Maria Teresa Carrión Carracedo, e financiado pelo edital da Lei Aldir Blanc, Mestres da Cultura, apresentado pela Secretaria de Estado da Cultura, Esporte e Lazer do Estado de Mato Grosso.

Em A Dança do Jaguar, o leitor acompanha uma trama de mistério, suspense e sensualidade ambientada em São Francisco, na Califórnia. A jovem pintora Nayla Malloney aluga um espaço no Solar Maltesa, casa vitoriana de três andares que aos poucos tem sua história sombria e sinistra revelada. Dividindo o lugar com o excêntrico e recluso botânico Tristan O’Hara, Nayla embarca em uma jornada repleta de aparições, sonhos e pressentimentos.

Sobre a autora

Tereza Albues nasceu em Várzea Grande (MT). Graduou-se em Direito, Letras e Jornalismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Escritora brasileira respeitada internacionalmente, viveu por 25 anos nos Estados Unidos, onde produziu toda sua obra. Dona de um estilo de prosa de ficção facilmente reconhecível, ambientou seus primeiros romances nas planícies pantaneiras. A escritora faleceu em 2005, vítima de um câncer. Em 2013, foi escolhida como Patrona Perpétua das Letras Brasileiras em Nova York, pela Brazilian Endowment for the Arts, BEA. Em 2022, foi reconhecida como Mestre da Cultura em Mato Grosso pelo edital Aldir Blanc proposto pela Secel-MT.
 
Sobre a editora

No mercado editorial mato-grossense desde 1993, Entrelinhas Editora apresenta centenas de publicações de autores de Mato Grosso e temáticas de interesse a partir de Cuiabá. “Acreditamos que Mato Grosso pode ser um polo irradiador de literatura, cultura e conhecimento para o Brasil e o mundo”, afirma a editora Maria Teresa Carrión Carracedo. A casa publicadora vai comemorar, em 2023, 30 anos de atividades. Visite: www.entrelinhaseditora.com.br.


Ficha técnica
Livro: A Dança do Jaguar
Autor: Tereza Albues
Editora: Entrelinhas
ISBN: 978-65-86328-25-7
Páginas: 208
Formato: 16x23cm
Preço: R$ 50,00
Onde encontrar: Editora Entrelinhas
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet