Olhar Conceito

Sábado, 18 de maio de 2024

Notícias | Dr. Juliano Slhessarenko - Cardiologia

DR. JULIANO SLHESSARENKO

Como diagnosticar um sopro no coração: saiba tudo

Foto: Foto: Rogério Florentino - Olhar Direto

Dr. Juliano Slhessarenko- cardiologista intervencionista. Doutor em cardiologia - USP. Telefones: 3634-3888 - (65) 3055-9353 e Whatsapp (65) 98156-6363 - (65) 99914-2255.

Dr. Juliano Slhessarenko- cardiologista intervencionista. Doutor em cardiologia - USP. Telefones: 3634-3888 - (65) 3055-9353 e Whatsapp (65) 98156-6363 - (65) 99914-2255.

Os sopros cardíacos podem ser detectados quando um exame físico é feito por outro motivo. Você será questionado sobre seu histórico médico pessoal e familiar.


Leia mais:
Como o sedentarismo pode afetar o meu coração

Um profissional de saúde pode ouvir o coração usando um dispositivo chamado estetoscópio. O médico considera várias coisas ao ouvir o coração para saber se um sopro é inocente ou preocupante. Algumas dessas coisas são:

- Volume: Quão alto é o sopro cardíaco em uma escala de 1 a 6? O sopro cardíaco mais alto é 6.

- Localização: Onde está no coração? O som se espalha para o pescoço ou para as costas?

- Tom: É agudo, médio ou grave?

- Momento do sopro: Um sopro que ocorre quando o sangue sai do coração (sopro sistólico) geralmente é um sopro cardíaco inocente. Aquela que acontece quando o coração se enche de sangue (sopro diastólico) ou ao longo dos batimentos cardíacos (sopro contínuo) pode sinalizar um problema cardíaco.

- Mudanças de som. O exercício ou a mudança de posição do corpo afetam o som?

Testes

São feitos exames para determinar a causa dos sopros cardíacos preocupantes.  Os testes de sopro cardíaco podem incluir:

- Ecocardiograma: Este é o principal teste usado para determinar a causa de um sopro cardíaco.  Um ecocardiograma usa ondas sonoras para criar imagens do coração batendo. Mostra como o sangue flui através do coração e das válvulas cardíacas.

- Raio-X do tórax: Uma radiografia de tórax é uma imagem do coração e dos pulmões. Pode dizer se o coração está aumentado. O aumento do coração pode causar alguns sopros cardíacos.

- Eletrocardiograma (ECG): Este teste rápido e indolor mede a atividade elétrica do coração.  Durante um ECG, os sensores (eletrodos) são fixados no tórax e, às vezes, nos braços ou nas pernas. Os fios dos sensores se conectam a uma máquina, que imprime ou exibe os resultados. Um profissional de saúde pode observar os padrões de sinal em busca de sinais de problemas cardíacos.

-Cateterismo cardíaco: Este teste pode ser feito quando outros testes não encontraram uma causa para o sopro cardíaco. Um cardiologista (cardiologista) insere um tubo flexível (cateter) em um vaso sanguíneo, geralmente na virilha ou no pulso. O cateter é suavemente guiado até o coração. Corante pode ser injetado através do cateter. O corante ajuda os vasos sanguíneos a aparecerem melhor nas imagens feitas durante o teste.
 
Tratamento

Sopros cardíacos inocentes geralmente não precisam de tratamento. Se uma febre ou uma tireóide hiperativa (hipertireoidismo) causar um sopro, o sopro geralmente desaparece quando essa condição é tratada.
 
 O tratamento para um sopro cardíaco preocupante depende da causa. Um sopro cardíaco preocupante requer monitoramento de perto por um profissional de saúde. Medicamentos ou cirurgia podem ser necessários.
 
Medicamentos

 
Medicamentos que podem ser usados ​​para tratar problemas cardíacos associados a sopros incluem:
 
- Anticoagulantes: Este tipo de medicamento previne a formação de coágulos sanguíneos. Algumas condições que causam sopros cardíacos estão intimamente ligadas a batimentos cardíacos irregulares (arritmias) que podem causar coágulos sanguíneos. Os coágulos sanguíneos aumentam o risco de derrames. Os anticoagulantes incluem varfarina (Jantoven), clopidogrel (Plavix), apixabana (Eliquis), rivaroxabana (Xarelto), dabigatrana (Pradaxa) e outros.

- Diuréticos: Este medicamento remove o excesso de líquido do corpo. Um diurético pode ser administrado para tratar a pressão alta ou outras condições que podem piorar os sopros cardíacos.

- Inibidores da enzima conversora de angiotensina (ECA). Este tipo de medicamento reduz a pressão arterial. A pressão arterial elevada pode piorar as condições subjacentes que causam sopros cardíacos.

- Beta-Bloqueadores: Um betabloqueador reduz a frequência cardíaca e a pressão arterial.

No passado, muitas pessoas com sopros cardíacos preocupantes eram instruídas a tomar antibióticos antes de cirurgias ou procedimentos odontológicos para prevenir certas infecções cardíacas. Essa recomendação mudou. Os antibióticos só são recomendados em situações específicas. Por exemplo, eles podem ser recomendados para pessoas com válvulas cardíacas artificiais, histórico de infecções nas válvulas cardíacas ou defeitos cardíacos congênitos que aumentam o risco de infecção dentro do coração.
 
Cirurgia ou outros procedimentos
 
A cirurgia pode ser necessária para corrigir uma condição que causa um sopro cardíaco preocupante. Por exemplo, se uma válvula cardíaca estreita ou com vazamento estiver causando o sopro e outros sintomas, pode ser necessário reparar ou substituir a válvula cardíaca.
 
Se você estiver preocupado com um sopro no coração, marque uma consulta com seu médico cardiologista.  Embora a maioria dos sopros cardíacos seja inofensiva, é uma boa ideia verificar se há problemas cardíacos subjacentes que possam ser graves.

Dr. Juliano Slhessarenko- cardiologista intervencionista. Doutor em cardiologia - USP. Telefones: 3634-3888 - (65) 3055-9353 e Whatsapp (65) 98156-6363 - (65) 99914-2255.


 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet