Olhar Conceito

Quarta-feira, 29 de maio de 2024

Notícias | Moda

RECONHECIMENTO

Estilista mato-grossense é destaque na Revista Piauí após vestir Janja

Foto: Pati Keda/Divulgação

Estilista mato-grossense é destaque na Revista Piauí após vestir Janja
O estilista mato-grossense Airon Martin, de 30 anos, é destaque na Revista Piauí, na primeira edição do ano. Natural de Sinop (a 478 km de Cuiabá), Airon ganhou notoriedade em 2022 após vestir famosas como Rafa Kalimann, Sasha, entre outras, com sua marca Misci. Mais recentemente, o designer ganhou uma nova cliente "importante", a primeira-dama Janja Lula da Silva. A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva também já foi vista com "looks" da Misci.


Leia mais:
No ‘Fantástico’, Janja usa camisa avaliada em R$ 2,5 mil de marca criada por designer mato-grossense

Na matéria da revista, o jornalista João Batista Jr., traz um histórico sobre a marca em ascensão: “A primeira loja foi aberta em plena pandemia em agosto de 2020. Menos de seis meses depois, já se mudava pa­ra um espaço maior – onde Janja fez suas compras. Há dois meses, Martin abriu uma butique no Shopping Cidade Jardim, um dos mais caros de São Paulo. As peças também são vendidas online, e a grife já começou a receber pedidos de clientes do exterior”.

Janja conheceu a marca em uma ida à loja no bairro Pinheiros. Quando a vendedora reconhecer a primeira-dama, imediatamente ligou para Airon, que foi correndo atender a socióloga. Nesse dia, Janja comprou uma camisa de seda branca com estampas vermelhas, da coleção apresentada no último desfile do estilista na São Paulo Fashion Week.

A estampa da peça é a Matria Brasil, que faz o resgate de símbolos nacionais e valoriza a matéria-prima brasileira. De acordo com uma entrevista ao portal UOL, o estilista disse que Janja gosta de história e o enredo presente na peça a conquistou.

A camisa de manga longa foi a peça escolhida pela primeira-dama para dar sua primeira entrevista após a vitória do presidente Lula (PT) ao programa Fantástico, da Rede Globo, no dia 13 de novembro de 2022. A camisa foi avaliada em mais de R$ 2,5 mil, virando assunto na mídia.

“Foi uma discussão bo­ba”, desdenha Martin. “Seria cafona se ela vestisse uma roupa estrangeira sem significado”, disse à Revista Piauí. Na diplomação de Lula, no dia 12 de dezembro, Janja novamente usou um look da Misci, com blazer e saia comprados na mesma ocasião.

Para conferir a matéria completa na Revista Piauí, clique aqui.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet