Olhar Conceito

Quinta-feira, 23 de maio de 2024

Notícias | Pets

veterinária de Cuiabá

Atendimento oftalmológico para cavalos e vacas? veja como funciona o trabalho especializado no campo

Foto: Arquivo pessoal

Atendimento oftalmológico para cavalos e vacas? veja como funciona o trabalho especializado no campo
Única mato-grossense com título de especialista do Colégio Latino-Americano de Oftalmologia Veterinária e do Colégio Brasileiro de Oftalmologia Veterinária, Nathalie Dower decidiu que mergulharia de cabeça no mundo da oftalmologia animal e criou o primeiro centro veterinário oftalmológico em Mato Grosso. Além do atendimento de animais domésticos, como gatos, cachorros e calopsitas, ela também é especializada em animais de grande porte, como cavalos, vacas e bois. 


Leia também
Check up, óculos de sol e colírio antes de banho em pet shop: veterinária especialista em oftalmologia dá dicas


Nathalie atende na própria clínica, no bairro Jardim das Américas, em Cuiabá. Ao Olhar Conceito, ela conta que ter o próprio consultório equipado com centro cirúrgico e outras comodidades, tanto para os animais quanto para os tutores, sempre foi um sonho de infância. Visionária, a veterinária acreditava que Cuiabá tinha abertura para receber o primeiro centro oftalmológico veterinário de Mato Grosso. 

Ela explica que com o avanço da ciência e das especialidades veterinárias, a expectativa de cavalos aumentou, assim como cães e gatos, que podem viver até 16 anos. Os equinos podem viver até 30 anos. A primeira avaliação funciona com hora marcada e, no caso de animais de grande porte, Nathalie vai até a propriedade para fazer os procedimentos necessários. A clínica dela é a única de Mato Grosso com capacidade para fazer microcirurgia. 

"Sempre tentamos fazer o máximo possível para remoção não acontecer, porque essa é a minha função: tentar salvar a visão, mas também o olho. Em Mato Grosso só temos a microcirugia aqui na clínica. Os alunos da UFMT, da pós-graduação, aprendem também algumas cirurgias. Mas de catarata e microcirurgias, é só aqui. É necessário microscópio para fazer esse tipo de procedimento, não basta apenas o centro cirúrgico ou o material". 
Normalmente, Nathalie é acionada para atender casos de cavalos com lesões na córnea por conta de bactérias ou fungos. Além do exame, ela também atua nas cirurgias de animais de grande porte, como os equinos. Ela é especializada no atendimento de bovinos, mas explica que ainda não há demanda para esses tipos de atendimento. 

"Temos que pensar que os animais são eternas crianças. Então, desde o momento que pegamos até o último dia de vida deles, eles vão depender de nós. Quando eles envelhecem é a mesma coisa que com os humanos, eles precisam de cuidado". 


Nathalie explica que é comum ser acionada para atender cavalos com lesões causadas por bactérias ou fungos. (Foto: Arquivo pessoal)

Única especialista em oftamologia veterinária de MT

Ainda criança, Nathalie Dower lembra de contar aos pais sobre o sonho de seguir na Medicina Veterinária. Quando chegou a hora de prestar o vestibular, Nathalie, que nasceu em Barra do Bugres (170 km de Cuiabá), a profissão que hoje tem sua dedicação integral nunca deixou de ser a primeira opção. Desde que se formou, em 2011, Nathalie não parou de estudar para oferecer o melhor atendimento oftalmólogico para animais de grande e pequeno porte. Além cachorros e gatos, a veterinária também atende animais de grande porte e silvestres.

Depois que se formou e realizou o sonho de ser veterinária, Nathalie tinha mais uma meta para cumprir: a construção da própria clínica em Cuiabá. No entanto, ela conta que não queria montar um estabelecimento no estilo "pet shop", mas sim um local especializado em tratamento oftalmológico. Foi assim que nasceu Dower Oftalmologia Veterinária, no bairro Jardim das Américas, na Capital. 

"Desde pequena sempre tive o sonho de abrir uma clínica, sempre falei para os meus pais. Meu pai sempre na ideia de um pet shop, banho e tosa. Sempre falava para ele que não era o meu foco. Eu queria uma coisa específica, que acho que se os grandes centros como São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília podem comportar uma clínica só de especialidades, acreditava que Cuiabá, por ser uma capital, uma metrópole, também acreditava que aqui comportava". 

Mesmo formada e com a própria clínica, que completou dois anos em março, Nathalie ainda tinha a ambição profissional de passar nas provas do Colégio Latino Americano de Oftalmologia Veterinária e do Colégio Brasileiro de Oftalmologia Veterinária. 

"São só 33 especialistas no Brasil voltados para atendimento da parte de oftalmologia veterinária. São poucos mesmo, porque a veterinária é diferente da medicina, quanto à obrigação de ter a especialidade para atender. Há dois anos inauguramos a clínica só com especialidades e atendimento oftalmo, não fazemos vacina e atendimentos de outras particularidades". 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet