Olhar Conceito

Segunda-feira, 24 de junho de 2024

Notícias | Cinema

Encontros com Cinema

Cine Teatro exibe longa 'A Morte Habita à Noite' e 'Arte na Rua' expõe poemas em minipainéis

Foto: Reprodução

Cine Teatro exibe longa 'A Morte Habita à Noite' e 'Arte na Rua' expõe poemas em minipainéis
O projeto "Encontros com Cinema", que exibe produções distribuídas pela Vitrine Filmes, exibe "A Morte que Habita à Noite", nesta terça-feira (20), no Cine Teatro, em Cuiabá. O filme foi dirigido pelo renomado curtametragista, Eduardo Morotó, dos curtas premiados "Todos esses dias que somos estrangeiros" e "Eu nunca deveria ter voltado", que se aventurou pela primeira vez em um longa-metragem.


Leia também
Cuiabá já teve festivais de música com Joan Osborne, Sean Kingston, Jojo Todynho e Emicida


O filme conta a história de Raul (Roney Villela), um homem de 50 anos alcóolatra e desempregado. Para criar o personagem, Morotó, que também assina o roteiro, buscou inspiração na literatura. Situado em Recife (PE) e narrado como uma crônica, o filme transita entre o amor e a morte.

Além de ser marcado por uma grande melancolia urbana com personagens que habitam a marginalidade local. Após presenciar um suicídio do vizinho de sua janela, e ser abandonado por Lígia (Mariana Nunes), a mulher que ama, Raul vaga pela cidade em busca de amor embalado por uma solidão que marca sua própria identidade.

Arte na Rua 

Projetado para serem trocados periodicamente, os minipainéis instalados em frente ao Cine Teatro recebem os poemas de Karina Moreira, que é poeta e estudante de dramaturgia da MT Escola de Teatro em Cáceres. Para a exposição, ela separou obras que mostram seu olhar para o cotidiano e temas como pandemia, teatro, relacionamentos e a queimada no Pantanal.

Karina nasceu e sempre morou em Cáceres, mas no total, foram 18 mudanças de casa, que fizeram com que ela acumulasse experiências e percepções que se refletem em sua escrita e modo de ser

“Comecei a escrever meus poemas aos 9 anos de idade, mas antes disso, já criava minhas historinhas, as ditava para minha prima escrever e as apresentávamos em forma de teatro para a família. Foi aí que percebi que era uma coisa que eu gostava muito. Criei o hábito de passar para o papel qualquer momento que vivia, em forma de poesia”, explica ela.

Arte na Rua é uma produção da Associação Cultural Cena Onze, em parceria com a Secretaria de Cultural, Esporte e Lazer de Mato Grosso (Secel-MT), com apoio do Cine Teatro Cuiabá, MT Escola de Teatro e Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet