Olhar Conceito

Domingo, 16 de junho de 2024

Notícias | Diversão e Lazer

sucesso de público

Dilsinho e Maiara e Maraísa confirmados para o Festival de Inverno 2024; evento tenta Lulu Santos, Matuê e Ludmilla

Foto: Reprodução

Dilsinho e Maiara e Maraísa confirmados para o Festival de Inverno 2024; evento tenta Lulu Santos, Matuê e Ludmilla
O pagodeiro Dilsinho, um dos artistas mais ouvidos da história do Spotify Brasil, e as irmãs do sertanejo, Maiara e Maraísa, já estão confirmados para compor o line-up do 37º Festival de Inverno, em 2024. Mais de 254 mil pessoas visitaram a edição deste ano, que foi encerrada com show de Péricles e Ana Carolina. O dia de maior público foi em 29 de julho, quando Roupa Nova e Henrique e Diego subiram ao palco. 


Leia também
Ilustrador cuiabano é contratado pela Paramount para criar 'stickers' de filme


Os números e o próximo line-up do festival foram apresentados durante coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (9), com presença do prefeito de Chapada dos Guimarães, Osmar Froner, do secretário de Governo da cidade, Gilberto Mello, do Tenente-Coronel Cabral e do publicitário Junior Brasa, responsável pela produção do evento. 

De acordo com a organização do evento, em 29 de julho, mais de 42,2 mil pessoas estiveram na Praça de Chapada dos Guimarães. O secretário de Governo da cidade, Gilberto Mello, explicou que a line-up de 2024 já está pronta, mas ainda não há confirmação de todos os artistas, já que alguns ainda não abriram as agendas do próximo ano. 

Mello contou que há três anos o evento tenta uma apresentação de Maiara e Maraísa, que nasceram em São José dos Quatro Marcos (310 km de Cuiabá). Para o secretário, um show das irmãs no Festival de Inverno é importante para mostrar o potencial das artistas que saíram de Mato Grosso para o mundo. 

“Line-up de 2024 já está montando, é bem eclético e bem parecido com o desse ano. Já estamos há três anos tentando trazer Maiara e Maraísa, que são mato-grossenses. Queremos mostrar o que saiu de Mato Grosso para o mundo. Estamos fechados com Zé Neto e Cristiano. Para o aniversário da cidade, no meio da semana, fechamos com Mato Grosso e Mathias, que foi um pedido dos moradores”. 

Lulu Santos, Paula Toller, Zé Ramalho, Matuê, Racionais, João Bosco e Vinícius, Aline Barros e Frei Gilson também estão sendo cotados para compor a line-up do Festival de Inverno, de acordo com Gilberto. 

“Cada um contribuiu um pouco com a ideia. Estamos com a experiência de 36 edições, eu participei de quase oito, o Osmar de umas 20. Nós já sabemos o que vai acontecer ali e estamos melhorando um pouco a cada ano”. 

Festival de Inverno movimenta turismo e economia 

Brasa destacou que a movimentação gerada pelo Festival de Inverno resultou em 100% de ocupação na rede hoteleira da cidade. O publicitário ainda comentou que o mercado imobiliário ficou aquecido com a procura por casas para aluguel durante a temporada. 

“Mercado imobiliário esteve aquecidíssimo, perto do evento já não tinham mais casas para alugar. O objetivo do festival é fomentar o comércio e o turismo. Nesse ponto o Festival de Inverno sempre foi muito eficiente. Guias turísticos com agendas lotadas, bares e restaurantes lotados. É incrível essa energia e a oxigenação que o evento leva para Chapada dos Guimarães”. 

O secretário de Governo de Chapada dos Guimarães ressaltou que a movimentação turística do Festival de Inverno contribui para a venda de terrenos em condomínios que estão em construção na cidade. 

“Se você pegar os loteamentos da cidade, as pessoas vão para Chapada, curtem o show e já começa a voltar a história de ter uma segunda casa lá. Isso fomenta o mercado imobiliário. No período do festival, só uma operadora vendeu 10 terrenos. O recurso foi bem aplicado, o festival realmente aconteceu e deu oportunidade a todos. Até nosso adversário político está falando bem do festival”. 

O Festival de Inverno ainda contou com o 2º  Festival de Balonismo e a 1º edição do Festival de Paraquedismo com Acessibilidade. Foram 135 saltos e 27 voos. O line-up do evento também busca priorizar as atrações regionais. Nesta edição, 72 artistas de Mato Grosso puderam se apresentar para o público. 

“Muito sucesso e muita visitação. Tivemos o segundo Festival de Balonismo e dessa vez abrimos para a população participar dos voos livres. Foram mais de 300 pessoas que se inscreveram, obviamente que não dá para atender todo mundo, mas muitas pessoas foram atendidas com voos cativos e em torno de 40 com voo livre”, explicou Brasa. 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet