Olhar Conceito

Sábado, 22 de junho de 2024

Notícias | Cinema

no teatro do cerrado

Documentário da TV Assembleia sobre casarões históricos de Cuiabá será apresentado nesta quinta-feira

Foto: Reprodução

Documentário da TV Assembleia sobre casarões históricos de Cuiabá será apresentado nesta quinta-feira
Nesta quinta-feira (17), às 19h, o Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros receberá o lançamento do documentário “Casarões Cuiabanos – Identidade, Amor e História”, produzido pela TV Assembleia para a 5ª Semana do Patrimônio Histórico de Cuiabá. A Casa de Leis é apoiadora do evento, que será realizado de 15 a 18 de agosto pela Associação Cuiabana de Cultura – Muxirum Cuiabano, em parceria com a organização Amigos do Centro Histórico de Cuiabá.


Leia mais 
Cine Teatro exibe curtas que abordam patrimônio cultural de Cuiabá; noite tem apresentação de pianista


A direção do documentário, de cerca de 50 minutos de duração, é do jornalista Anderson Sartori. “O filme mostra o cuiabano do passado e sua relação com a moradia, depois passa pelo impacto no centro histórico provocado pela migração promovida principalmente na década de 1970. Por fim, é mostrada a situação de hoje e o esforço árduo do Muxirum para preservação desse patrimônio”, adianta o servidor, que também deu destaque para a qualidade de imagens garantidas na produção. 

Para contar essa história, foram feitas horas de entrevistas. São relembradas as histórias de propriedades como o casarão onde funciona a Casa das Pretas e a casa de propriedade da família Müller. Esses dois locais fazem parte dos 20 selecionados pelo Muxirum como propriedades em boas condições de preservação hoje no centro histórico. 

“Eu e o presidente Eduardo Botelho fomos procurados pelo Muxirum e abraçamos o projeto do documentário sobre os casarões porque entendemos que a história e a preservação deles estão intrinsecamente ligadas à preservação da história e cultura do povo cuiabano. Não sou cuiabana de nascença, mas sou de coração e é esse sentimento de pertencimento que o Muxirum aviva nas pessoas nascidas aqui ou não”, afirmou a vice-presidente da Assembleia, deputada Janaina Riva (MDB).

Durante o evento do dia 17, também serão entregues homenagens e moções de aplausos. “As moções são oferecidas pela Presidência da Casa e serão entregues pelos deputados da Mesa Diretora. É muito importante a Assembleia apoiar e dar visibilidade a essa questão”, disse Thania Arruda, da Associação Muxirum Cuiabano. 

Outras programações

A abertura da Semana será no Cine Teatro Cuiabá, na próxima terça-feira (15). Na ocasião, haverá uma mostra audiovisual com obras de sete realizadores mato-grossenses e uma confraternização. A exibição terá cerca de uma hora. Algumas obras serão apresentadas na íntegra e outras, mais longas, terão trechos mostrados. No dia 16, o Muxirum Cuiabano trabalhará numa carta com “Diretrizes para uma política de requalificação do patrimônio histórico tombado e seu entorno”.

Um roteiro pelas 20 propriedades do centro histórico escolhidas pelo bom estado de conservação é a primeira atividade do dia 18, com início às 16h. Placas históricas serão afixadas nos casarões com acompanhamento da Banda do Senhor Divino. O roteiro terminará na Praça da Mandioca, onde o público poderá acompanhar o Circuito Artístico Cultural que movimenta o local às sextas.

“Toda a programação é aberta ao público. Queremos sensibilizar o público e o poder público, para que o Estado também invista na manutenção do patrimônio histórico de Cuiabá. Todas as cidades têm seu embrião. Essa área é tombada e é de interesse arqueológico, social e arquitetônico. É fonte de pesquisa. O centro histórico também é base da memória afetiva do cuiabano, é triste ver com medo e tristeza a praça onde você brincava, o comércio que você frequentava na infância”, conclui Thania Arruda. 

Veja o trailer
 


(Com informações da assessoria)
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet