Olhar Conceito

Segunda-feira, 24 de junho de 2024

Notícias | Música

repertório variado

Coro Experimental MT, Coral da UFMT e orquestras prometem dia musical em teatro

Foto: Reprodução

Coro Experimental MT, Coral da UFMT e orquestras prometem dia musical em teatro
O Coral da UFMT, o Coro Experimental, a Orquestra Sinfônica da UFMT e a Orquestra Sesi Mato Grosso prometem um dia com muita música neste domingo (24), no Teatro da UFMT, a partir das 10h, quando as orquestras sabem ao palco para um concerto gratuito. Já os cantores dos corais apresentam o espetáculo “Entre Cantos e Batucadas”, às 20h. 


Leia também
Em lives NPC, influenciadora de MT ganha mais de R$ 20 em minutos: 'muito mais que um trabalho comum'


Os ingressos para o show que une os 120 integrantes do Coral da UFMT e do Coro Experimental MT estão sendo vendidos pelo site Bilheteria Digital por R$ 50 (inteira), R$ 25 (meia) e R$ 35 (social + 1kg de alimento não perecível). 

No palco, os músicos, coralistas, cantores solistas e instrumentistas estarão sob a regência da maestra Dorit Kolling e do maestro Jefferson Neves. “Missa Batucada”, de autoria de Jefferson, será executada no palco pelos dois coros. 

Repertório 

“Entre Cantos e Batucadas” será aberto pelo Coro Experimental MT com o pocket show de “Expresso Pantaneiro”, que promete uma viagem musical pelo Pantanal mato-grossense. Canções como “Chalana”, “Tocando em frente”, “Comitiva Esperança”, “Chuva no Pantanal” e “Amanheceu, peguei a viola” serão lembradas em arranjos de autoria de Jefferson, em que as vozes ganham o acompanhamento luxuoso da viola de Eduardo Santos e da percussão de Denisson Miranda. 

O Coral UFMT será eclético em sua participação no concerto “Entre Cantos e Batucadas” com a inclusão de canções do repertório tradicional do canto coral, como o “Alleluia” do compositor Randal Thompson.

Em seguida, o grupo apresentará “Olhos Coloridos”, canção poderosa de Macau que se eternizou na voz da cantora Sandra de Sá; “Cangoma me Chamou”, uma música de tradição oral de escravos brasileiros; “Africa”, composição de David Patch e Jeff Porcaro, que será regida pelo músico Adonys Aguiar, e “Baba Yetu”, de Christopher Tin, cuja letra é uma tradução da oração “Pai Nosso” para o dialeto africano Swahili.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet