Olhar Conceito

Quarta-feira, 22 de maio de 2024

Notícias | Cinema

veja lista de vencedores

Filmes produzidos em MT são premiados no Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá

Foto: Reprodução

Filmes produzidos em MT são premiados no Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá
O 21º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá (Cinemato) chegou ao fim no sábado (28), quando os vencedores das categorias foram anunciados na cerimônia de premiação no Teatro da UFMT. "A Invenção do Outro" (RJ), foi eleito como melhor filme, enquanto o mato-grossense "Beatriz Vira-Folhas" foi escolhido pelo júri popular. 


Leia também 
Casal abre café colonial com toque cuiabano em chácara centenária no São Gonçalo Beira Rio


A diretora Samantha Col Debella, que dirigiu Beatriz Vira-Folhas, foi premiada na categoria "Melhor Primeira Direção de Longa". "Chumbo", de Severino Neto, venceu como "Melhor Longa Mato-grossense". 

O melhor curta-metragem nacional foi "Fantasma Néon" (RJ), de Lobo Mauro. E o mato-grossense "A Indômita Revolta dos Morangos Assassinos", de Emília Top Tiro e Olavo Fernandes.

O Festival de Cinema e Vídeo, realizado entre 22 e 28 de outubro, recebeu referências da cena audiovisual de todo o país, entre eles a atriz cearense Ana Luiza Rios, do longa "Mais Pesado é o Céu", em que contracena com Matheus Nachtergaele. Ela recebeu o prêmio de melhor atriz e o filme, de melhor fotografia. 

A atriz Dira Paes também esteve no Teatro da UFMT para a abertura do Cinemato, que participou das exibições com "Pureza". Além de ser homenageada, a organização do evento anunciou a criação do Prêmio Dira Paes para a próxima edição do festival. 

Veja lista completa dos premiados

Melhor Filme Brasileiro: A Invenção do Outro do diretor Bruno Jorge
Melhor Filme Mato-grossense: Chumbo do diretor Severino Neto
Melhor Primeira Direção de Longa-metragem: Samantha Col Debella por "Beatriz Vira-Folhas"
Melhor Atriz: Ana Luiza Rios por "Mais Pesado é o Céu"
Melhor Atriz Revelação: Gabriela Freire pelo filme Entrelinhas
Melhor Elenco: Aisha Brunno, Bramma Bremmer, Igui Leal, Will Soares por "Tudo o que Você Podia Ser"
Melhor Fotografia: Petrus Cariry por "Mais Pesado é o Céu"
Melhor Curta nacional: Fantasma Neon - RJ
Melhor Curta MT: A Indômita revolta dos morangos assassinos - MT 
Melhor documentário:  Urubá - RN
Melhor Animação: EWÉ de Òsáinyín: o segredo das folhas - BA 
Melhor Direção: Emília Top Tiro e Olavo Fernandes por "A Indômita Revolta dos Morangos Assassinos"
Melhor Fotografia: Felipe Quintelas (Fantasma Neon)
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet