Olhar Conceito

Quarta-feira, 29 de maio de 2024

Notícias | Literatura

CAMINHOS DO EL'DORADO

Geógrafo e indigenista lança livro sobre rota espiritual entre Mato Grosso e os Andes

Foto: Reprodução

Geógrafo e indigenista lança livro sobre rota espiritual entre Mato Grosso e os Andes
O indigenista e geógrafo José Eduardo Fernandes Moreira da Costa lançará o livro “Caminhos do El’Dorado Roncador-Andes”, na quarta-feira (22), trazendo uma abordagem sobre o universo cosmológico e mítico dos povos indígenas que vivem entre a região andina e a Serra do Roncador, localizada em Mato Grosso. O evento de lançamento acontece no “Gabinete Antes do Café", a partir das 19h30. A obra é publicada pela Editora Entrelinhas.


Leia mais
Multiartista e poeta lançam livro com coletânea de poesias no Centro Cultural Casa Cuiabana


"O livro ‘Caminhos do El’Dorado: Roncador-Andes’ descreve uma constelação sistêmica composta por um roteiro de diversos lugares e centros cerimoniais marcada por interlúdios contidos nas narrativas míticas intersubjetivas aos diferentes grupos étnicos e sociais que compõem o trajeto Roncador-Andes. Busca trilhar os antigos caminhos pré-colombianos ao revisitar sítios arqueológicos, lugares míticos, religiosos, históricos e ecológicos existentes entre esses dois polos, levando em consideração a multiplicidade de perspectivas culturais afro-brasileiras, cristã e, em especial, indígena, contidas nas narrativas míticas dessas diferentes matrizes cosmológicas e suas interconexões", diz trecho da sinopse.
 
José Eduardo é indigenista aposentado da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) e viveu com os povos indígenas de Mato Grosso por vários anos. Durante este período, teve contato com as histórias sobre a rota espiritual. Também é Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Mato Grosso.
 
Caminhos do El’Dorado é um nome atribuído em referência às míticas pré-colombianas Pay Zumé e Tona Acap, “aquele que porta o bastão”, confundidas com São Tomé pelos cristãos no início do período colonial Sul-americano. O corredor cultural Roncador-Andes tem um trajeto de cerca de 2200 km.

Os três percursos iniciais, com 500 km em média cada um e o último em torno de com 700 km. O primeiro, na Serra do Roncador, interliga a cidade de Barra do Garças à cidade de Chapada dos Guimarães; o seguinte, de Cuiabá a Vila Maria, atual cidade de Cáceres; o terceiro continua de Vila Maria, passa por Vila Bela até a fronteira boliviana para, no último, percorrer as Missões Jesuíticas de Chiquitos e findar no santuário de Samaypata, aos pés dos Andes.

O autor defende em sua obra que os corredores histórico-culturais são instrumentos públicos e privados para proteção da realização humana e da melhoria da qualidade de vida das populações locais. A Serra do Roncador e os Andes constituem importantes polos místicos, envoltos em histórias e lendas, que muitos acreditam estarem ligados por forças cósmicas ancestrais, devendo ser pensado como um ativo turístico.

Em 2016, José Eduardo encaminhou o primeiro percurso escrito do Caminhos do El’ Dorado, entre Vila Bela da Santíssima Trindade para San Ignácio de Velasco, na Bolívia, para a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), comandada, à época, por Leandro Carvalho. O objetivo da Pasta era incrementar o turismo transfronteiriço na região.

“De certa forma, o mito do El’Dorado, que impulsionou tantas expedições e migrações para o coração da América do Sul em busca do ouro e riquezas míticas, continua viva no imaginário coletivo da civilização ocidental. Ao caminhar, o peregrino reencontra o sentido da vida, ao percorrer um caminho repleto de mitos, memórias, histórias e belezas cênicas, em busca de sonhos e projeções da terra sem mal. Rastros de vidas partilhadas por sítios arqueológicos, culturas indígenas e populares, pela força da magia dos quilombos, das aldeias e antigas missões e vilas, todos adormecidos e esquecidos nas brumas do tempo e das cavernas sagradas”, diz trecho do artigo que deu origem ao livro de Costa.
 
Serviço


Lançamento “Caminhos do El’Dorado Roncador-Andes”
Quando: 22 de novembro (quarta-feira)
Onde: Gabinete Antes do Café – Av. Oito de Abril, 154/160, Goiabeiras, Cuiabá
Horário: a partir das 19h30
Entrada: gratuita
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet