Olhar Conceito

Quarta-feira, 22 de maio de 2024

Notícias | Diversão e Lazer

VALORIZAÇÃO CULTURAL

Símbolos da cuiabania, monumento 'Árvore de Todos os Povos' e mural Adir Sodré são entregues revitalizados

27 Mar 2024 - 20:31

Da Redação - Rodrigo Costa / Do Local - Bruna Barbosa

Foto: Olhar Direto

Símbolos da cuiabania, monumento 'Árvore de Todos os Povos' e mural Adir Sodré são entregues revitalizados
Foram entregues nesta quarta-feira (27) a revitalização do Monumento Histórico “Árvore de Todos os Povos”, de Wladimir Dias-Pino, na praça Oito de Abril, popular Praça do Chopão, e também a revitalização da obra do artista plástico Adir Sodré, um dos mais renomados de Mato Grosso, que faleceu em agosto de 2020. 


Leia também
Interditada há 20 anos, gruta paradisíaca é visitada clandestinamente por turistas e jogador de futebol


Presente na cerimônia, o secretário de Cultura da Capital, Aluizio Leite, comentou que a revitalização desse espaço era uma cobrança antiga feita à Prefeitura e exaltou as imagens e ícones de símbolos da cuiabania. 

“Essa é uma cobrança justa da classe cultural de Cuiabá. E nessa noite também a gente faz justiça, porque o Coreto Silva Freire, ele é uma lei municipal que nunca tinha tido uma placa em homenagem Silva Freire e hoje nós estamos desenhando a placa em homenagem ao advogado e poeta Silva Freire”, disse. 

“Além de devolvermos para a praça a escultura do Vladimir Dias Pina e a pintura do Adir Sodré, nós vamos ter a placa em homenagem a Silva Freire, é compromisso da Secretaria de Cultura fazer o tombamento para que isso não aconteça no futuro, para que isso seja corrigido”, completou. 

Moisés Martins, poeta e ex-secretário de cultura de Cuiabá, ressaltou a importância de valorizar os artistas e a cultura local. Ele afirmou que iniciativas como essas devem ser exaltadas, ao passo que, segundo ele, a Capital vem passando por um processo de deterioração cultural. 

“A minha crítica e a minha insatisfação é ver que Cuiabá está perdendo a sua identidade, porque as ruas estão perdendo o seu apelido. Monumentos já não têm a mesma característica, estão demolindo os casarões, enfim, estão querendo maquiar uma cidade que tem o estilo colonial desde 1718”, pontuou. 

Ao comentar sobre Silva Freire, Moisés disse que estudou Direito junto com o poeta, elogiou a capacidade jurídica do amigo e até revelou o apelido dele.
 
“Doutor Benedito da Silva Freire. Apelido dele era Bugrinho. Conheci de perto. Eu fiz até o segundo ano Direito e ele foi meu professor. Foi uma pessoa muito alegre, uma pessoa que tinha um potencial e capacidade jurídica espetacular, um amante da justiça, uma pessoa muito ligada a Cuiabá”, observou. 

“As obras de Freire têm uma característica universal”, contou. Ele afirmou que a Praça 8 de Abril foi um ótimo lugar para a homenagem ao poeta e ressaltou que até podia ser um lugar maior.  

Justino Astrevo, que foi secretário de Cultura de Cuiabá por dois anos, entre 2002 a 2004, exaltou o momento histórico para a comunidade cultural e acrescentou que o retorno do monumento à Praça 8 de Abril leva consigo todo um contexto histórico.

“Essa retomada significa trazer o contexto de volta e fazer o reconhecimento da importância histórica desse movimento. Foi uma luta em encontrar o projeto, revitalizar e trazer ele em toda a sua plenitude. É um projeto que não é de hoje, vem desde os anos 60”, finalizou. 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet