Olhar Conceito

Sexta-feira, 14 de junho de 2024

Notícias | Música

rap e samba

De MT para o mundo: Pacha Ana leva música autoral em shows por mini turnê na Europa

Foto: Reprodução

De MT para o mundo: Pacha Ana leva música autoral em shows por mini turnê na Europa
Quando era mais nova, uma viagem pela América do Sul rendeu o nome artístico da cantora Pacha Ana, de 29 anos, e ela teve a primeira experiência com música fora do Brasil, ganhando dinheiro se apresentando nas ruas com o violão que tinha levado na bagagem. Agora, a rondonopolitana se prepara para embarcar para a Europa, onde representa a música autoral de Mato Grosso em quatro shows em Portugal. 


Leia também 
Piquenine em Paris, perfume oficial da festa e tour gastronômico: conheça tendências no mercado de luxo

As apresentações serão em Lisboa entre 27 de junho e 6 de agosto. A “mini turnê”, como apelidou carinhosamente a cantora, surgiu quando ela começou a planejar uma viagem por países da Europa. Formada em veterinária, Pacha Ana tinha planos de viajar quando se formasse, mas conta que, quando terminou o curso, se viu totalmente “entregue” à música em Mato Grosso. 

“No final do ano passado, estava trabalhando como veterinária e peguei um acerto de um serviço. Vi que minha oportunidade era essa. Comprei a rota para ir para Europa, vou ficar 30 dias, vou passar por vários países, mas Portugal por ter essa facilidade linguística, me deu essa sacada. Além de ser cantora, compositora e atriz, também sou produtora do meu trabalho, inclusive essa é uma parte bem difícil e que me toma muito tempo”. 

Mesmo sendo desafiador, a cantora mergulhou no processo e começou a buscar por espaços de Lisboa que pudessem receber seus shows autorais. Ela escreveu uma carta de apresentação e anexou material de divulgação para entrar em contato com novos lugares. 



“Comecei a ver no Instagram, via um bar ou um artista: ‘esse bar tem cara de que recebe o Suor e Melanina, esse bar tem cara de que recebe samba, então posso apresentar Motumbá’. Nisso fui fazendo uma questão de marketing mesmo. Sou uma cantora de rap e de samba, tenho esses dois trabalhos muito fortes e delimitados. Separei dois materiais: um que conversasse mais com samba e outro mais com rap”. 

Pacha Ana lembra que se surpreendeu quando começou a receber respostas. Ela conta que apesar da agenda de apresentações na Europa já estar fechada desde o semestre passado, recebeu feedbacks positivos sobre o trabalho musical. 

“Fui super entendendo [as negativas], foi me dando aquela baixa de energia às vezes, mas as pessoas começaram a responder positivamente, começaram a se encantar pelo trabalho. Confesso que fui bem organizada, mandei um trabalho coeso, fiz um trabalho de busca sobre os bares, trabalho de produção mesmo, produção de uma pessoa”. 

Apesar de ter sido sua própria produtora na mini turnê pela Europa, a cantora exalta a equipe envolvida no trabalho de divulgação de suas músicas autorais. “Fazendo esses vídeos desse material todo bonitinho que enviei para várias pessoas e vários bares, tem muita gente trabalhando atrás. A galera que trampa comigo, que faz minhas artes, vídeos e trabalho de divulgação, é uma galera muito boa, então acho que isso ajudou bastante as pessoas a terem uma visão positiva também”. 



Os discos “Motumbá” e “Suor e Melanina” serão apresentados por Pacha Ana em Lisboa. “Estou levando meu disco ‘Motumbá’ e ‘Suor e Melanina’, vou me apresentar em duas casas de show que vão receber um disco digital, disco mais pop, disco de rap. E vou me apresentar em dois espaços que vão receber também minha música autoral, só que sambas, sambas de terreiro, pontos de Umbanda e macumba”. 

A cantora mato-grossense comemora pela primeira oportunidade de apresentar os anos de trabalho, consolidados em Motumbá e Suor e Melanina, nos palcos de Portugal. Pacha Ana também exaltou a produção musical de Mato Grosso. 

“Acredito que a gente aqui, mesmo estando em Mato Grosso e fora do eixo, a gente tem uma produção a nível nacional, a gente uma produção a nível Brasil também, porque não em nível mundial também? Estamos vendo várias bandas incríveis, estão decolando, fazendo turnês no Brasil, gente super capacitada, meus amigos, inclusive, então estou muito feliz por poder realizar isso”.

Em 31 de maio a cantora faz o último show antes de viajar para a Europa. Em parceria com o cantor Ahgave, o "Bailinho Suor e Melanina" acontece no Beco do Papa, na avenida Mato Grosso, em Cuiabá. 
 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet