Olhar Conceito

Sábado, 20 de julho de 2024

Notícias | Música

Coro Experimental MT

'Sonho que se Canta Junto': espetáculo no teatro tem viagem ao reino dos sonhos

Foto: Dizão

'Sonho que se Canta Junto': espetáculo no teatro tem viagem ao reino dos sonhos
O novo espetáculo do Coro Experimental MT promete uma viagem para o reino dos sonhos no palco do Teatro Zulmira Canavarros, em Cuiabá, nesta quinta-feira (6), às 20h. O roteiro foi escrito pelo maestro e arrajador Jefferson Neves, que divide a direação artística do grupo com Tuanny Godoi. As cenas acontecem ao som de canções que falam de sonhos, lua, estrelas, como "Sonho Meu", "Lua soberana" e "Noite Severina". 


Leia também 
Influenciadora de Cuiabá usa jiboia de quase 2 metros e viraliza com trend ‘Asoka Makeup’; veja os vídeos

"Sonho que se Canta Junto" é embalado pelos arranjos originais de Jefferson e marca a abertura da temporada 2024 do Coro Experimental MT. Os ingressos estão sendo vendidos por R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia solidária + 1 kg de alimento não perecível).

No palco, coralistas de primeira viagem, que passaram a integrar o CEMT nesta temporada, estarão juntos com veteranos como Vera Capilé e Lorenzo Falcão, entre médicos, professores, psicólogos, jornalistas, enfermeiros e outros tantos profissionais que fazem parte do coral. 

A idade dos cantores também é diversificada: vai de 13 a 75 anos."Desde sua estreia há sete anos, o CEMT traz como característica a criatividade e a inovação, sem abrir mão da nossa paixão pelo canto coral", afirma Jefferson Neves. Nos últimos anos o lado escritor do músico, que publicou o livro "Portão do Inferno" (Entrelinhas Editora, 2021), vem falando mais alto. "Nossa intenção não é apenas apresentar um espetáculo de canto coral! É fazer teatro, utilizando os elementos cênicos para potencializar a experiência da plateia", acrescenta o maestro.

"Sonho que se Canta Junto" questiona o que é sonho e o que é realidade, e recorre à estética surrealista de Salvador Dali na criação de cenário e figurinos. O cenário do espetáculo foi concebido sob a coordenação da artista visual Rosylene Pinto (integrante do naipe dos sopranos) e os figurinos foram criados sob supervisão do fashionista e designer Luiz Pita (integrante do naipe dos baixos).

Vitor Falcão, outro representante dos baixos, recém-formado pela MT Escola de Teatro, idealizou o projeto de iluminação.  Como de hábito, os próprios coralistas participam da confecção do cenário e a arte do material de divulgação foi desenvolvida por Nara Selva, que também integrou o CEMT.

Compra de Ingressos antecipados: https://abrir.link/XRuwt
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet