Olhar Conceito

Quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Notícias / Turismo

Turistas chegam a ver 20 baleias Jubarte em passeio na ilha Morro de São Paulo

Da Redação - Stéfanie Medeiros

10 Jul 2014 - 14:44

Foto: Reprodução/ Rota Tropical

Turistas chegam a ver 20 baleias Jubarte em passeio na ilha Morro de São Paulo
A ilha de Morro de São Paulo, na Bahia, é um local onde a tecnologia interfere o mínimo possível no ambiente natural. Dividida em diversas praias, algumas delas tem a água tão cristalina que é possível observar a vida marinha com equipamento amador de mergulho. Quando estive lá, apenas nadando na área rasa, deparei-me com quatro lulas vermelhas em nado sincronizado.

Leia mais: Jovem de 19 anos visitou sete países gastando apenas 1 euro por dia

Moréias, peixes coloridos, peixes camuflados e todo o tipo de animal circulam a ilha. Mas talvez o mais impressionante delas seja a Baleia Jubarte. A partir do mês de agosto, Morro de São Paulo torna-se um observatório destas baleias. Desde 2008, estes animais aparecem no litoral da Bahia para reprodução e amamentação de filhotes. A temporada de observação estende-se até novembro. Para aqueles que têm interesse em ver as baleias mais de perto, o site de turismo Rota Tropical dá uma dica: o passei de observação, realizado em parceria com o Instituto Baleia Jubarte.



No entanto, observar este espetáculo de perto é um privilégio de poucos, e também uma atividade que requer muita responsabilidade, já que não se deve interferir no comportamento natural dos animais, e muito menos causar qualquer dano. Por isso devem ser seguidas uma série de normas, e apenas operadores especializados podem realizar este tipo de passeio. No Brasil, o Ibama regulamenta as regras para o turismo de observação de baleias, e o Instituto Baleia Jubarte dá apoio aos operadores, especialmente no treinamento de equipes.

Em Morro de São Paulo, o Instituto Baleia Jubarte já está presente há 8 anos, destes, 7 anos em parceria com a Rota Tropical. O principal foco do IBJ é na conservação e pesquisa científica, porém o turismo e a educação ambiental são grandes catalisadores da conservação e pesquisa. As equipes do IBJ visitam escolas e instituições da comunidade, concientizando crianças e adultos. Nas saídas dos passeios também são coletados dados científicos, base de estudos populacionais.



A Rota Tropical tem saídas do “whale watching” três vezes por semana (terças, quintas e sábados). Antes do passeio há uma palestra (em português e inglês) com informações básicas sobre as jubarte, seus hábitos, cuidados para aproximação, regras de segurança, entre outros.

A saída a mar aberto dura de 2 a 3 horas, período no qual pode-se ver desde nenhuma até 5, 10, 20 baleias. É, “nenhuma” também é uma possibilidade, embora extremamente rara. Vale lembrar que as baleias estão livres no seu ambiente natural, então o passeio é um “safari”. Na média se encontra 5 animais por passeio, mas já houveram casos tanto de zero, como de vinte.

Serviço

O passeio custa R$ 145 por pessoa, e não é recomendado para gestantes e crianças pequenas. Reserve pessoalmente na Rota Tropical, em Morro de São Paulo, ou faça sua pré-reserva pelo site de Morro de São Paulo ou pelo telefone (75) 3652 1551.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet