Olhar Conceito

Sábado, 14 de dezembro de 2019

Notícias / Cinema

Primeiro grande sucesso internacional de Bergman será exibido em Cuiabá nesta terça-feira

Da Redação - Stéfanie Medeiros

28 Abr 2015 - 13:15

Foto: Reprodução

Primeiro grande sucesso internacional de Bergman será exibido em Cuiabá nesta terça-feira
O Imagens em Pauta exibe nesta terça-feira (28) o filme “Sorrisos de uma noite de amor” (Sommarnattens leende, 1955, 108 min), de Ingmar Bergman. A sessão será às 19h, no Cine Sesc Arsenal. Classificação indicativa: 18 anos. A entrada é gratuita.

Leia mais:
Novo “Vingadores” mostra lado mais sombrio e humano de heróis, diz diretor

A trama de “Sorrisos de uma noite de amor” se desenrola na virada do século XX, durante uma noite de verão em uma casa de campo, onde um grupo de pessoas vive encontros e desencontros amorosos. O filme lança um olhar divertido e mordaz sobre as disputas entre homens e mulheres.

“Sorrisos...” foi o primeiro grande sucesso internacional de Bergman, tendo participado da competição oficial do Festival de Cannes, na qual ganhou um prêmio especial do júri por seu humor poético. Foi ainda indicado aos prêmios BAFTA de melhor filme, ator estrangeiro (Björnstrand) e atriz estrangeira (Dahlbeck).

Entre os destaques do elenco, estão Harriet Andersson e Bibi Andersson. “Sorrisos...” marca a primeira aparição de Bibi em um filme de Bergman. Ao longo de sua carreira, a atriz participou de 13 filmes do cineasta, onde se destacam “O Sétimo Selo”, “Morangos Silvestres”, “Persona”, “A paixão de Ana” e “No limiar da vida” (filme pelo qual Bibi dividiu, em Cannes, o troféu de melhor atuação com Ingrid Tulin e Eva Dahlbeck).

Considerado um dos mais importantes diretores do século XX, Ingmar Bergman é autor de clássicos como “O sétimo selo”, “Morangos silvestres”, “Gritos e sussurros” e “Cenas de um casamento”. Bergman foi um dos fundadores da Academia Europeia de Cinema, em 1988. Premiado várias vezes nos Festivais de Berlim e Cannes, Bergman recebeu o Oscar de melhor filme estrangeiro três vezes (por “A fonte da donzela”, “Através de um espelho” e “Fanny & Alexander”).

Bergman iniciou sua carreira artística no teatro, no início da década de 1940. O realizador se distinguiu em várias ocasiões como diretor de peças teatrais de importantes autores, como Shakespeare e Strindberg. Na década de 1960, Bergman foi contratado como diretor do famoso Teatro Real de Artes Dramáticas da Suécia, o Dramaten.

Imagens em Pauta

O filme dá continuidade ao nono ano de exibições do “Imagens em Pauta”, projeto realizado pelo Sesc Mato Grosso em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão e Vivência (Procev), Cineclube Coxiponés e Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Cada sessão é iniciada com a apresentação do filme programado. Após exibição, os participantes conversam sobre o filme e depois são convidados a tomar um gostoso cappuccino oferecido pelo Sesc Mato Grosso.

Em 2015, a programação do Imagens em Pauta se concentra na filmografia do sueco Ingmar Bergman (1918-2007), realizador obstinado que, além do cinema, dedicou-se intensamente às formas teatrais. Centrada em questões existenciais e na dificuldade encontrada pelas pessoas em se comunicar, a obra de Bergman inspirou e continua a inspirar cineastas, críticos e espectadores ao redor do mundo.

Próximo filme: O Sétimo Selo


Na próxima terça-feira, 5 de maio, o Imagens em Pauta continua com o Ciclo Bergman com exibição de “O sétimo selo” (Det sjunde inseglet, 1957, 96 min).
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Redes Sociais

Sitevip Internet