Olhar Conceito

Segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Notícias / Cinema

Cineclube Inca exibe filmes de diretores mato-grossenses nesta quarta-feira

Da Redação - Naiara Leonor

13 Mai 2015 - 13:53

Foto: cena do filme

Cineclube Inca exibe filmes de diretores mato-grossenses nesta quarta-feira
O Cineclube Inca não poderia ficar de fora das homenagens a Mato Grosso nesse aniversário de 267 anos, então, a casa traz para o público nesta quarta-feira (13), a partir das 20h, mostras audiovisuais que retratam a cultura do Estado com curadoria de Luiz Marchetti, um dos cineastas locais mais premiados.

Leia mais:
Cuiabá ganha novo cineclube: Estreia exibirá lançamento de diretor cuiabano
Cineclube Coxiponés abre período de inscrições para 14ª Mostra de Audiovisual Universitário – América Latina

Depois de sua inauguração com a exibição do mais novo curta do diretor cuiabano Bruno Bini, o “S2”, a casa inicia sua exibições convidando o diretor Luiz Marchetti para a curadoria da semana. Marchetti é cuiabano, formado em Cinema e com mestrado em Design em Arte Mídia, deu aula de Estudos de Cinema em Londres, atualmente dirige o programa Palavra de Mulher, exibido pela TV ALMT e o caderno de cultura do jornal Circuito Mato Grosso. Seu mais novo filme, “Ele sempre esteve certo”, será lançado em breve.

Dentre as produções selecionadas para esta semana por Marchetti está o curta “O nascimento da viola de Cocho” dirigido por Dewis Caldas, que traz o tradicional e o novo no mundo da música mato-grossense: a viola-de-cocho, instrumento típico e já registrado como patrimônio imaterial do Estado, surge com cara nova, através da criação da guitarra de cocho, pelas mãos de Caio Espíndola Schlösser, da dupla Billy Brown e o Incrível Magro de Bigodes. Caldas descreve neste curta o reavivamento deste ícone cultural, passado de geração em geração por aqueles que preservam e respeitam nossa cultura. O curta é um documentário sobre adequações, invenção musical e dialogo entre a tradição e a atualidade.

Em sua curadoria, Marchetti buscou autores mato-grossenses com temas distintos, para demostrar a variedade cultural que o estado oferece. Em “Fora do Ponto”, curta que está na programação desta quarta-feira (13), é dirigido por Mario Zugair, um dos diretores de fotografia mais cobiçados da indústria, que exibe ao público seu olhar pessoal sobre dança. O curta foi
desenvolvido com a ideia de mudar e questionar a percepção do publico em relação aos elementos que já estão acostumados, elementos simples que estão ao nosso redor e passam muitas vezes de maneira despercebida. É um filme de dança onde a dança foi concebida para confundir e aguçar o público.

O curta “Caio André”, parte do projeto “Por Que A Gente É Assim?”, dirigido pelo curador da semana, Luiz Marchetti, e produzido pela Produtora Matizar Filmes (RJ), também será exibido. Ele foi apresentado nacionalmente na TV Futura, no FestRio, na Touche, em Cuiabá e levou alguns prêmios no Festival de Cáceres e no MUBE - Museu Brasileiro da Escultura em São Paulo. “Caio André” representa Mato Grosso no segmento preconceito do projeto “Por Que A Gente É Assim?”. Na trilha sonora estão Thiago Petit e a banda Stop Play Moon.

Segundo Marchetti, é fundamental manter o audiovisual mato-grossense respirando, sublinhando as pesquisas autorais da cidade. Ele acredita que o Inca, com o cineclube, negocia um bom termo nas manifestações audiovisuais, e aproveita para salientar que esta quarta será uma noite irreverente e ao mesmo tempo pedagógica para o público, e para os diretores manterem a energia audiovisual local.

A proposta do Cineclube é levar ao público o acesso a filmes de reconhecida curadoria, com convidados especiais, fomentando o segmento por meio de debates que envolvem a temática exibida ou a arte do cinema em toda sua forma de expressão. Brevemente, o Inca vai oferecer cursos e oficinas para aprimorar as habilidades dos profissionais da área.

Serviço

As exibições começam às 20h, no Museu da Imagem e do Som de Cuiabá (MISC) com a entrada de 5,00 reais, podendo adquirir o combo por 10,00 reais (entrada, refrigerante e pipoca).

Museu da Imagem e do Som de Cuiabá
Endereço: Rua Voluntários da Pátria, nº 75 - Cuiabá
Telefone: 3617-1288

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Redes Sociais

Sitevip Internet