Olhar Conceito

Sexta-feira, 14 de junho de 2024

Notícias | Tecnologia

Google consegue mais prazo para rebater acusações da União Europeia

O Google conseguiu ganhar duas semanas para responder as acusações da União Europeia de que a empresa abusou de seu poder de mercado em série de nações do bloco de países e evitar uma possível multa de bilhões de euros.


A Comissão Europeia aceitou estender o prazo para 31 de agosto, disse um porta-voz do Google nesta quinta-feira (13). Caso não tivesse ganho mais tempo, a empresa deveria enviar justificativas para a conduta alvo de investigação até 17 de agosto.

Esta é a segunda extensão de prazo para a companhia, que originalmente deveria responder à lista de acusações da Comissão, ou declaração de objeções, até 7 de julho.

A Comissão acusou em abril o Google de distorcer os resultados das pesquisas feitas por seus usuários para favorecer seu próprio serviço de compras e desfavorecer o de rivais, como a Microsoft.

O órgão confirmou que aceitou o pedido da empresa para ter tempo extra para responder.

"Alinhada com práticas normais, a Comissão analisou as razões para o pedido. Como resultado, garantiu uma extensão permitindo ao Google exercitar plenamente seu direito de defesa", disse Ricardo Cardoso, porta-voz da Comissão.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
Sitevip Internet