Olhar Conceito

Quarta-feira, 02 de dezembro de 2020

Notícias / Artes Cênicas

A pena é a lei: comédia de Ariano Suassuna é apresentada por alunos da Escola Livre Porto

Da Redação - Naiara Leonor

12 Ago 2015 - 16:54

Foto: Arquivo Pessoal

A pena é a lei: comédia de Ariano Suassuna é apresentada por alunos da Escola Livre Porto
O teatro Zulmira Canavarros recebe ao palco os alunos do 3º ano do ensino médio da Escola Livre Porto, para uma série de apresentações com a peça “A pena é a lei”. Entre quinta (13) e domingo (16), às 20h, os estudantes encenaram o espetáculo de Ariano Suassuna, resgatando o teatro cômico popular brasileiro.

Leia mais:
Comemoração dos 180 anos da Assembleia Legislativa terá apresentação musical e teatro
Dez editais de circulação e fomento a cultura são lançados pelo Governo do Estado; investimento chega a R$3,4 milhões

Cenas de humor, reflexões sobre honestidade, amor, corrupção e esperança, com uma pitada de crítica social. Estes são alguns dos temas abordados na peça que é composta de três atos: A inconveniência de ter coragem, O caso do novilho furtado e Auto da virtude da esperança.

O espetáculo traz personagens típicos da literatura dramática nordestina em disputas ardilosas, a fim de alcançar o amor da mulher desejada logo no primeiro ato. Para o diretor e coreógrafo teatral, Luciano Oliveira, o roteiro leva o espectador a um inevitável destino: pesar a conduta em vida na balança da justiça divina.

A escola tem a tradição de trazer o teatro como um dos momentos marcantes do encerramento da etapa escolar. Realizado desde 1995, o teatro é incluso no currículo escolar no 8º e no 12º ano e traz obras importantes da literatura universal e nacional. Algumas peças já encenadas: Homem de La Mancha e Sakuntala (2012), O santo milagroso e Cyrano de Bergerac (2013), A invasão e A comédia dos erros (2014).

Um dos objetivos é fazer com que os alunos trabalhem as próprias emoções e façam uma associação entre tudo que aprenderam e viveram ao longo do Ensino Fundamental e Médio com a vida.

Além de atuar, eles também cuidam de tudo que envolve o teatro de forma integrada. Leitura, adaptação do texto, escolha de personagens, divulgação, composição de figurino, busca de patrocínio, cenário e também venda de ingressos.

A aluna Mariana Penna, de 17 anos, explica que no começo dos preparativos, há cerca de três meses, não pensou que os desafios seriam tão grandes: “nunca imaginei que precisaríamos confiar uns nos outros tanto quanto agora. Também passei a não ter tanto medo de errar, de cair”. O mesmo avalia Sabrina Venites, que afirma enxergar o momento de ansiedade pelo vestibular com outros olhos, depois da peça: “passei a me cobrar menos, aprendi a ver os erros de forma diferente. Ao invés de lamentar, busco energias para corrigi-los.”

O espetáculo é aberto ao público, mas as entradas são limitadas. O valor do ingresso será de R$15 e para adquirir basta ligar para a Escola Livre Porto Cuiabá: (65) 3028-6625. A peça será nos dias 13,14,15 e 16 de agosto, às 20h, no Auditório Zulmira Canavarros, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, no Centro Político Administrativo. Mais informações na página da escola no facebook AQUI!

O autor

Ariano Suassuna foi um dramaturgo, romancista, ensaísta e poeta brasileiro, nascido em João Pessoa, que morreu em julho de 2014. Idealizador do Movimento Armorial e autor de obras como ‘Auto da Compadecida’, ‘O Romance d'A Pedra do Reino’ e ‘Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta’, foi um proeminente defensor da cultura do Nordeste do Brasil.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet