Olhar Conceito

Quinta-feira, 26 de maio de 2022

Notícias | Política Cultural

incubadora mt

Mato Grosso Criativo abre 30 vagas para consultoria em projetos culturais

Foto: José Medeiros

A Cavalhadas é uma das expressões culturais dos mato-grossenses

A Cavalhadas é uma das expressões culturais dos mato-grossenses

O programa Incubadora Mato Grosso criativo foi criado com o objetivo de fomentar a economia criativa através de ações de capacitação, formação, orientação, assessorias e consultorias técnicas para empreendedores culturais. Com isto em mente, o projeto lançará consultorias técnicas gratuitas para criativos culturais coletivos, serão disponibilizadas 30 vagas.

Leia mais: Secretaria de Educação prepara programação especial para o Dia Nacional do Livro
 
De acordo com a assessoria, as consultorias são para os grupos que trabalham nos setores da economia criativa, direcionados aos agentes culturais, artistas, coletivos artísticos e culturais e organizações da sociedade civil.
 
As ações das consultorias iniciarão no Polo Cuiabá, em 03 de novembro, entre 8h e 17h, na Galeria de Artes da SEC/MT. As inscrições podem ser feitas na sede do escritório em Cuiabá, anexo a SEC, na Avenida Getúlio Vargas, 247 – Centro Norte, pelo telefone 65-3613 0222 ou por e-mail formacao.mtcriativo@gmail.com.
 
Incubadora Mato Grosso Criativo
 
A Incubadora em Mato Grosso foi a segunda a ser inaugurada no Brasil, que hoje possuí 13 escritórios de atendimento. A equipe do escritório é composta por técnicos selecionados por edital, estão presentes em todo estado através de cinco Polos de atendimento, sendo eles: Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá e Rondonópolis.
 
Economia Criativa
 
Segundo a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) economia criativa é um conceito que trata da interface entre criatividade, cultura, economia e tecnologia em um mundo dominado por imagens, sons, textos e símbolos. Pode-se dizer que são processos que envolvam criação, produção, e distribuição de produtos e serviços, usando o conhecimento, a criatividade, e o capital intelectual como principais recursos produtivos.
 
De acordo com o MinC, por segmentos criativos entende-se: patrimônio material, patrimônio imaterial, arquivos, museus, artesanato, turismo, cultura popular, cultura indígena, cultura afro-brasileira, cultura alimentar, arte visual, arte digital, teatro, dança, música, circo, cinema e vídeo, publicações, mídias impressas e virtuais, moda, design e arquitetura. 
 

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet