Olhar Conceito

Segunda-feira, 20 de maio de 2024

Notícias | Turismo

parcerias

Observatório do Turismo promete organizar dados e informações turísticas de Mato Grosso

Foto: Reprodução / Ilustração

Observatório do Turismo promete organizar dados e informações turísticas de Mato Grosso
Para facilitar e organizar a vida de quem trabalha com turismo em Mato Grosso, o governo do Estado divulga o desenvolvimento de uma nova ferramenta de observação da realidade do setor. Chamada de “Observatório do Turismo”, a nova ferramenta servirá para monitorar a evolução de dados e informações que subsidiem o planejamento, as decisões empresariais e a construção de políticas públicas na área.


A criação do Observatório vem para solucionar a carência de dados e estudos sobre a real situação e desenvolvimento do setor, que dificulta o planejamento e gestão do turismo estadual. Com poucas informações organizadas e confiáveis, é difícil para o público interessado ter a noção de oferta e demanda.

No encontro realizado na última quarta-feira, 04 de novembro, em que o novo projeto foi lançado, estavam presentes representantes de órgãos ligados ao assunto, como o secretário-adjunto de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Luis Carlos Nigro, o secretário de Desenvolvimento Regional, Eduardo Moura, Superintendente do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), Cleber Ávila, secretários municipais de Turismo, Superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), José Guilherme Ribeiro, membros do Fórum Estadual de Turismo e do trade turístico.

Leia mais:
Com apoio da embaixada da Nova Zelândia, governo cria projeto turístico para cidades pantaneiras

O portal que abrigará a ferramenta será desenvolvido por uma equipe de professores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em parceria com o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) e financiado com recursos da Sudeco.

No primeiro ano os pesquisadores irão a campo levantar os dados e as demandas do setor, para que a partir das informações coletadas, a Sudeco possa traçar diretrizes de aplicação de recursos financeiros do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO) voltadas ao segmento do turismo.

À Sedec caberá fazer a sensibilização e a articulação junto ao trade e aos segmentos relacionados às atividades turísticas para que as empresas forneçam seus dados aos pesquisadores, já que esse é um grande receio dos empresários. “Trabalharemos arduamente junto aos empresários para que eles possam facilitar o trabalho dos pesquisadores e para que essa parceria possa se efetivar da melhor maneira possível”, afirma Nigro.

De acordo com o superintendente da Sudeco, Cleber Ávila, a partir do segundo ano começa a divulgação e sensibilização dos empresários e turistas para que eles participem desse portal, alimentando-o com informações públicas e atualizadas. “O nosso intuito é fazer com que esses dados sejam atualizados da maneira mais fiel possível”, disse Ávila.

O superintendente se mostrou animado com a participação de todos os segmentos na reunião da última quarta-feira e disse que o Governo Federal aposta muito no potencial turístico de Mato Grosso. “Acreditamos que o turismo pode alavancar muitos negócios e gerar muita oportunidade de emprego e renda para a população do Estado. Por isso estamos aqui, tentando construir em conjunto com todos os segmentos essa ferramenta que irá nos subsidiar nos investimentos de recursos do FCO”, finalizou.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet