Olhar Conceito

Terça-feira, 16 de julho de 2019

Notícias / Política Cultural

Pedro Taques marca reunião depois de alvoroço em relação ao futuro da Secretaria de Cultura

Da Redação - Stéfanie Medeiros

22 Out 2014 - 17:30

Foto: Reprodução/ Assessoria Pedro Taques

Pedro Taques marca reunião depois de alvoroço em relação ao futuro da Secretaria de Cultura
Depois do alvoroço causado pelo projeto de extinção da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), o governador eleito de Mato Grosso, Pedro Taques (PDT), marcou reunião com representantes do setor cultural neste sábado (25), para avaliar o futuro da pasta na próxima gestão. O evento acontecerá no Circo Leite de Pedras, às 18h.

Leia mais: Pedro Taques promete transformar Batalhão Laguna em grande centro cultural; Saiba mais
Apesar de promessa de manter Secretaria de Cultura, equipe de transição faz projeto para extingui-la
Espero que o Pivetta saiba a diferença de cultura para monocultura, critica presidente da AML

De acordo com o novo organograma da equipe de transição do governo, apresentado à imprensa pelo prefeito de Lucas do Rio Verde Otaviano Pivetta (PDT), a Secretaria de Cultura será uma superintendência fundida ao Turismo, que também pede o status de secretaria. Juntos, os dois setores ainda serão vinculados administrativamente a Secretaria de Cidades.

A reunião tem mobilizado diversos membros do cenário artístico cuiabano e mato-grossense, que nomearam o evento de “Remobilize Cultura 2014”. Um evento no facebook foi criado para impulsionar a adesão popular ao evento (clique AQUI). A assessoria do candidato eleito confirmou a presença de Taques na reunião.

Entenda o caso

No dia 15 deste mês, o coordenador da equipe de transição de Pedro Taques (PDT), Otaviano Pivetta (PDT), apresentou à imprensa um projeto de reforma administrativa.

A principal ideia da reforma administrativa é reduzir de 19 para 12 o número de secretarias e cortar o excesso de cargos comissionados da máquina pública. Neste caso, a Secretaria de Estado de Cultura seria transformada em superintendência, fundida com a Secretaria de Turismo, caso o projeto seja aprovado. Leia mais detalhes sobre a reforma administrativa clicando AQUI. 

O projeto causou descontentamento ante ao setor cultural e foi amplamente criticado por diversos motivos, sendo o principal deles a promessa de Taques de manter a secretaria durante seu governo. Em audição pública na Casa Barão de Melgaço, realizada no dia 17 de outubro, Taques afirmou: “A Cultura não é perfumaria, será tratada com a mesma seriedade que a educação, saúde, transporte e outras áreas”.

O pedetista também apresentou na ocasião sua intenção de aumentar o dotamento orçamentário da Secretaria de Cultura, passando para 1,5% do orçamento total do Estado.

Petição Online

Para instigar ainda mais o movimento e mostrar a revolta contra o projeto de transformar a SEC em superintendência do turismo, membros da classe cultural criaram uma petição online. Até o momento desta reportagem, a “Governador eleito do Estado do Mato Grosso Pedro Taques: Não extinção/Fusão da Secretaria de Cultura do Estado MT” já havia sido assinada por 351 pessoas. Clique AQUI para ver a petição.

Serviço

Reunião com Pedro Taques sobre futuro da Secretaria de Estado de Cultura
Local: Circo Leite de Pedra
Data: Sábado (25)
Horário: 18h
Endereço: Rua Antônio Batista Belém, 1205, Lixeira, Cuiabá
Evento no facebook: Clique AQUI 


6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Tania Maria
    23 Out 2014 às 09:44

    Tem que parar as emendas de deputados de festas de prefeitos e Rodeio,a secretaria se transformou num mero repassar de recursos a Descultura de MT

  • Cuiabano
    23 Out 2014 às 09:26

    Gente que absurdo ....o Governador NÃO ESTA ACABANDO COM A CULTURA . A a fusão entre secretária é normal , é lógico que terá alguém responsável pela Cultura , uma secretária não garante bom andamento a Cultura , veja nossos secretários anteriores . Uma pessoa competente cuidando da Cultura , mesmo ela fundida ao Turismo ou outra pasta , os projetos tem que continuar . Não vejo problema . Falta é competência .

  • Tokanguira
    23 Out 2014 às 07:40

    A solução para essas questões: Prender os ladrões, fazer devolver o dinheiro roubado, multa de 30% sobre o valor roubado.Aí acaba o problema. Não adianta acabar com isto e aquilo, depois cria outro e o roubo continua. Fecha secretaria, frigorifico, papelaria, COPERATIVA, e ninguém devolve o dinheiro, desse jeito o crime compensa. O que não compensa é ser CONTRIBUINTE.

  • Jorge
    22 Out 2014 às 18:22

    Hooo João o Governador vai secar a mamadeira fica esperto.

  • paulo
    22 Out 2014 às 18:16

    VAMOS VER SE ELE É DO SACO ROXO MESMO OU AMARELO , SE VOLTAR ATRAS E NAO EXTINGUIR A SECRETARIA É PORQUE AMARELO. JA NA PRIMEIRA PRESSÃO.

  • JOAO SILVA
    22 Out 2014 às 18:08

    Estão marcando encontro com o governador errado, pois o Pedro pelo que me parece é um figurante e o governador de fato é o Piveta

Redes Sociais

Sitevip Internet