Olhar Conceito

Quarta-feira, 17 de julho de 2019

Notícias / Política Cultural

Pedro Taques promete transformar Batalhão Laguna em grande centro cultural; Saiba mais

Da Redação - Stéfanie Medeiros

18 Set 2014 - 17:10

Foto: Reprodução/ Assessoria Pedro Taques

Pedro Taques promete transformar Batalhão Laguna em grande centro cultural; Saiba mais
A Casa Barão de Melgaço recebeu nesta quarta-feira (17), o candidato ao governo do Estado, Pedro Taques (PDT). A audição pública tem como objetivo discutir as pautas relativas ao setor cultural. Depois de ouvir a plataforma do casarão histórico, composto pela Academia Mato-Grossense de Letras (AML) e Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso (IHGMT), o público aguardava para ouvir as propostas.

Leia maisLúdio promete ampliar oraçamento da SEC e reformar Lei de Incentivo à Cultura; Saiba mais
José Riva apresenta suas propostas culturais em audição pública; Saiba quais são

Esta é a última de três audições públicas feitas com os candidatos ao governo. O então candidato recebido foi José Riva, antes de o mesmo ter seu registro de candidatura negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 11 de setembro. A segunda audição contou com a participação do candidato pelo PT, Lúdio Cabral. Nesta quarta (17), na mesa de honra, além de Pedro Taques, estavam o presidente do HIGMT e membro da AML, João Carlos Ferreira Vincente, e a tesoureira da AML, Yasmin Nadaf. Samira Taques e o candidato ao senado Rogério Salles também compunham a mesa.

“Eu quero um Estado com quatro requisitos. Um Estado mais transparente, justo, honesto e eficiente”, começou Taques. De acordo com o candidato, o Estado mais transparente será composto por diálogos com os diversos segmentos, inclusive o cultural. Taques ressaltou por diversas vezes que quer ser governador, não imperador. “Não tomarei nenhuma medida sem ouvir os segmentos especializados”.



Sobre um Estado mais justo, o atual senador afirma ser adequado uma maior dotação orçamentária para a Secretaria de Estado de Cultura (SEC), passando para os 1,5% do orçamento do Estado. “Falar de manifestação cultural é falar, ao mesmo tempo, de manifestação social”, disse Taques. Sobre ser mais honesto, o pedetista afirma que esta é a única forma de ser mais eficiente, pois um Estado que não rouba tem o dinheiro para investir nas suas necessidades. “A Cultura não é perfumaria, será tratada com a mesma seriedade que a educação, saúde, transporte e outras áreas”, disse Taques.

Uma das questões polêmicas na área cultural é a Secretaria de Estado de Cultura, considerada “o patinho feio” do governo. Sobre ela, Taques afirmou diversas vezes que “não colocará sua esposa a frente da secretaria”, mas que ouvirá a classe para escolher alguém qualificado para o cargo.

Dentre suas promessas, estão uma que Taques escolheu a audição pública na Casa Barão de Melgaço para revelar pela primeira vez. O pedetista pretende transformar o Batalhão Laguna, ou 44º Batalhão de Infantaria Motorizado, em um grande centro cultural, onde terá, dentre outras coisas, o Museu Rondon e da Guerra do Paraguai.



Após seu discurso, foi a vez do público fazer perguntas. Foram, no total, sete questionamentos sobre variados assuntos, desde a música regional (rasqueado, rock, rap), o mercado editorial e a reintegração cultural dos imigrantes haitianos. O candidato prometeu levar todas as sugestões em consideração e refletir sobre vários assuntos. Taques, no entanto, não levou nenhum material por escrito com suas propostas para distribuir ao público.

21 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Marcela Bertoldo
    19 Set 2014 às 16:11

    Ele promete.. promete... mas nunca faz nada!! diz que vai reduzir os recursos da AL, para destinar para o povo, por que não propôs uma PEC enquanto senador, quando tinha competência para tal???? como governador não pode!! não tem competência para tal, ou ele não entende de legislação?? kkkkk DEMAGOGO!!!

  • Primo
    19 Set 2014 às 15:27

    Excelente posicionamento "Soldado de chumbo"!!!! É impressionante como ainda existam políticos hipócritas e com idéias irrelevantes.... e ainda mais, quando existem pessoas que se posicionam a favor dos mesmos!!! Precisamos discutir assuntos de interesse público, saúde, educação, segurança, entre outros e não ficarmos presos a idéias utópicas e sem sentido algum, e que jamais alterará os anseios da população, principalmente, dos mais necessitados! Os comentários do "Soldado de chumbo" exprimem a realidade e o que pensamos! Parabéns...

  • Eduardo
    19 Set 2014 às 15:03

    Sou leigo e não entendo muito de leis, mas o pouco que sei a constituição em seu artigo...Leia a CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL........SABE NADA INOCENTE!!!!!!, PARE DE NOS ENGANAR Capítulo IIeditar Da União Artigo 20editar São bens da União: I - os que atualmente lhe pertencem e os que lhe vierem a ser atribuídos II - as terras devolutas indispensáveis à defesa das fronteiras, das fortificações e construções militares, das vias federais de comunicação e à preservação ambiental, definidas em lei III - os lagos, rios e quaisquer correntes de água em terrenos de seu domínio, ou que banhem mais de um Estado, sirvam de limites com outros países, ou se estendam a território estrangeiro ou dele provenham, bem como os terrenos marginais e as praias fluviais IV - as ilhas fluviais e lacustres nas zonas limítrofes com outros países as praias marítimas as ilhas oceânicas e as costeiras, excluídas, destas, as áreas referidas no art. 26, II V - os recursos naturais da plataforma continental e da zona econômica exclusiva VI - o mar territorial VII - os terrenos de marinha e seus acrescidos VIII - os potenciais de energia hidráulica IX - os recursos minerais, inclusive os do subsolo X - as cavidades naturais subterrâneas e os sítios arqueológicos e pré-históricos XI - as terras tradicionalmente ocupadas pelos índios.

  • Soldado de chumbo
    19 Set 2014 às 14:18

    Caro Dr. Emanuel, primeiramente boa tarde. Eu respeito muito o seu ponto de vista e acho bom que tenhamos sempre um! O que eu não concordo e não me furto de expressar é a colocação de uma matéria sem que quem a publica tenha o mínimo de conhecimento do assunto. Tudo que o senhor postou eu tenho pleno conhecimento, caso contrário jamais me atreveria comentar. Quanto ao anonimato, prefiro assim, pois vejo que não estou cometendo qualquer tipo de crime (soldado de chumbo foi escolhido devido a relação com a matéria). Por fim, sou UM CIDADÃO mato-grossense que conhece muito bem as suas origens e história, grato!

  • wagner
    19 Set 2014 às 14:08

    Êle ,o Taques já entrou em contato com o Iº Ministro francês para desapropriar e trazer a tôrre Eiffel. A seguir veremos a desapropriação da Costa Sul Africana e a Estátua da Liberdade. Aguardem!!! Tô no tcheira tcheira kkkkk...

  • marcia botelho
    19 Set 2014 às 13:50

    vai ei um recado para essa pessoa, chamado saldo de cunho!adorei trazer o mar kkkkkkkq, legal

  • marcia botelho
    19 Set 2014 às 13:48

    deveria se preocupar com a saude segurança e educaçao,lazer para as crinças sem condiçoes de terem uma vida saudavel voce pedro taques e um cara inteligente esta no congresso nacional, ja deveria saber q, a educaçao começa qdo criança, pq, nao de condiçoes para formar cidadoes de bem!qdo vc, foi candidato ao senado eu votei para vc,hoje eu nao voto para vc, para governo!vc, sabe pq?lembro mto bem do que vc, disse em descursotem muitos q, sao eleitos para ficar os quatro anos e nao completa os 4 anos e sai para pleitear outa campanhaessa e a sua fala, pq, vc nao completou!iai doutor pedro taques, oq, me diz.

  • Soldado de chumbo
    19 Set 2014 às 13:34

    Parabéns pelo comentário Cidadão Cuiabano, vejo que o meu primeiro surtiu o efeito desejado! Tudo que postou é verdade e eu tenho conhecimento também. O que eu quis despertar no meu comentário é que o Estado não pode DESAPROPRIAR bens pertencentes a UNIÃO, o que foi feito nos casos citados por Vossa Senhoria foi PERMUTA, isso sim é possível! Uma matéria editada nesses moldes leva a um desentendido a acreditar nessas promessas de candidatos que pensam que somos todos "bobó" como citado em outra postagem. Pedrinho tem sido bastante contemplado em matérias dessa natureza no OD.

  • Dr. Emanuel de Almeida
    19 Set 2014 às 13:33

    Belo comentário "Cidadão Cuiabano, conhece nossa história. Esse sim é CIDADÃO CUIABANO!!!! Parabéns, orgulho desta gente que acolheu a mim e minha familia.

  • Dr. Emanuel de Almeida
    19 Set 2014 às 13:21

    Caro(a) Soldado de Chumbo, Sua acidez é tão insuportável quanto seu anonimato. Seus(suas, sei lá!) argumentos são fracos e descabidos! Vou te PROVAR. Você sabia que o Parque Mãe Bonifácia era Campo de Tiro do Exercito Brasileiro até os anos 80? Pois é, o Gov. Dante firmou TERMO DE DOAÇÃO PUBLICA, onde figuraram o Exercito Brasileiro e o Estado de MT. Há, mais uma! Você sabe onde é hoje a AGECOPA? Então, ali era uma unidade do SEBRAE-MT, que fora doado ao Governo do atual Sen. Blairo. Para os interessados, basta uma pequena pesquisa nos "sites oficiais" sobre: TERMO DE CONCESSÃO/DOAÇÃO/USO-FRUTO DE BENS PUBLICOS. Isto posto, fique o(a) Senhor(a) sabendo que o maior idiota é aquele que sabe e não ensina e aprende e não faz! Vai com Deus!

Redes Sociais

Sitevip Internet