Olhar Conceito

Sábado, 16 de outubro de 2021

Notícias / Moda

exclusividade de mato grosso

Sebastiana Faz Moda: a marca que aposta na sustentabilidade com couro de peixe, inova e surpreende com sapatos únicos

Da Redação - Marianna Marimon

17 Dez 2013 - 11:34

Foto: Marianna Marimon

Sócias Aline Leão e Thaísa Figueiredo

Sócias Aline Leão e Thaísa Figueiredo

Sebastiana significa mulher determinada que não perde a feminilidade. Com esta ideia na cabeça e a vontade de largar tudo para investir na sua paixão, que a designer em sapatos formada pela Belas Artes em São Paulo, Aline Leão, ao lado da sócia Thaísa Figueiredo, lançam uma nova coleção sustentável de sapatos pela marca própria “Sebastiana Faz Moda”. Há dois anos no mercado, Sebastiana já inova no quesito produtos para mulheres e apresenta um lado novo para o mundo da moda em Mato Grosso.

Leia tambémJazz e Bossa Nova ganham vida pelo intérprete Joandre Camargo: cuiabano radicado na França

Aline Leão conta que antes era advogada e decidiu largar tudo para se dedicar exclusivamente à Sebastiana. “A gente respira isso 24 horas por dia”, conta. E Thaísa acrescenta “é apaixonante”.

O alvo da paixão: sapatos. A missão? Fazer com que mulheres possam se sentir lindas, mas, sem sofrimento. Porém, Aline e Thaísa ainda tinham outro sonho: fazer com que a Sebastiana fosse referência por trabalhar com a peculiaridade da região.

A busca incessante por um produto que pudesse ser trabalhado regionalmente, e com as referências das tendências da moda ao redor do mundo, as sócias queriam que a marca tivesse a cara de Mato Grosso. Além de fornecer um desenho e design exclusivo (tudo da Sebastiana é único), a necessidade principal era de que o sapato fosse confortável e adaptável para as mulheres contemporâneas.

“O mundo pede essa praticidade, é uma necessidade da mulher contemporânea ter um sapato que seja versátil. Então levamos em consideração a inovação, o conforto e o equilíbrio. Temos saltos altos, e também o novo queridinho da vez: os flats de luxo, as já conhecidas sapatilhas, que a mulher pode usar para trabalhar, sair e correr atrás do filho com conforto”, contam as duas.



O projeto de Aline e Thaísa é ousado. A nova coleção é toda embasada no conceito sustentável. Os sapatos são feitos com couro de peixe. E para colocar em prática o sonho é preciso mexer com a realidade. E a realidade do mercado é difícil.

Para conseguir trabalhar com o couro do peixe, Aline e Thaísa estão capacitando mulheres da comunidade ribeirinha e também querem qualificar mulheres em situação vulnerável, que tenham sofrido alguma violência e precisam de incentivo para retomar suas vidas. As sócias procuram casas de amparo para que mais mulheres possam participar do projeto.

“É um passivo ambiental que se torna um ativo social”, ressalta Thaísa ao explicar o projeto minimamente. Além de realizar este trabalho de inserção para que as mulheres possam ser qualificadas para tratar o couro do peixe, a Sebastiana Faz Moda também firmou uma parceria com a Native Pescado, o maior frigorífico de peixes da América Latina. Com o trabalho em conjunto, Aline e Thaísa possuem amplo material para fazer as peças e ainda contribuem para o desenvolvimento sustentável, sem prejudicar a natureza.



“Mudamos muitas vidas com este projeto. É uma reeducação do trabalho, pois, os pescadores, por exemplo, sempre trataram o peixe sem se importar com o couro e agora, abrem os olhos para um novo mundo. É um trabalho de pioneirismo que muda a realidade, mas mesmo com todo o engajamento, é muito difícil”, explicam as sócias, que no decorrer da explicação, vão complementando as suas ideias.

Aline e Thaísa são empolgadas e dedicadas ao conceito que criaram. Querem expandir. Querem inovar e trazer parceiros para fazer produtos que não se encontra em todo o mercado. E além de auxiliar no social, também possuem uma linha voltada para os sapatos das noivas, com muita pérola e renda (dá vontade de casar só para ter um). “É uma loja pequena, mas prezamos por isto, porque temos um relacionamento com todos os que atendemos”, emenda Thaísa.



Para 2014, querem trazer aos turistas o que é a marca do Pantanal brasileiro, com produtos feitos de couro de peixe, principalmente, uma rasteira baixa, que será vendida em uma loja móvel que irá percorrer os principais pontos da cidade-sede durante a Copa do Mundo.

Às apaixonadas por sapatos (como a própria repórter que quase enlouqueceu conhecendo o mundo da Sebastiana e todo o seu conceito incrível de sustentabilidade, com uma cadeia produtiva inclusiva de mulheres desamparadas), vale a pena conhecer e delirar com cada ideia por trás do que envolve a marca Sebastiana Faz Moda.

Tire os sapatos, respire fundo e conheça um mundo novo de possibilidades: http://www.sebastianafazmoda.com.br/  ou pela página do Facebook Sebastiana Faz Moda.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet