Olhar Conceito

Quinta-feira, 19 de maio de 2022

Notícias | Artes visuais

nilson e valques

'Tal pai tal filho' traz arte naif de família para Museu de Arte de Mato Grosso

Foto: Reprodução

'Tal pai tal filho' traz arte naif de família para Museu de Arte de Mato Grosso
Uma exposição de pai e filho, e de pai pra filho, acontece a partir deste sábado (12) no Museu de Arte de Mato Grosso. Especializados em arte naif (primitiva), Nilson Pimenta e seu primogênito Valques Rodrigues mostram obras produzidas entre 2012 e 2015.

Leia mais:
A partir de hoje: Exposição conta a história de três décadas de artes visuais mato-grossense
Projeto bichos do Pantanal lança livro de fotos que será distribuído gratuitamente

Dentre os principais temas pintados estão o cotidiano no campo, seus personagens e tradições. Proveniente da Bahia, Caravelas, Nilson chegou a Mato Groso com seis anos de idade, e durante 15 anos percorreu diversas cidades trabalhando como lavrador – e do trabalho tirou as inspirações para sua arte.

O pai pinta desde 1979, e desde 1982 orienta o Ateliê Livre do Museu de Arte e Cultura Popular da UFMT. Já o filho começou a pintar aos seis anos de idade, influenciado por Nilson.

José Serafim Bertoloto, crítico de arte, aponta que “a maturidade fez dele [Nilson] um mestre da sabedoria dos detalhes, que assumem a saturação da tela com formas densas e cores que se aventuram por novas tonalidades”.

Já a diretora executiva do museu, Viviene Lozi, fala sobre a relação de Nilson com o interior do Brasil: “Sinto alegria no seu jeito próprio de captar as cores e a alma mato-grossense, que joga luz sobre uma produção ligada com o Brasil profundo que desenvolve formas próprias de significar o mundo que opera em um tempo específico, marcados por processos de atividades cotidianas e ritualização que reúne saberes e riquezas ao se impregnar das coisas do mundo que estão dispersas pela coletividade em sua prática”, descreve.

Viviene é também responsável pela curadoria do evento, e acredita que o erotismo e a sensualidade da série ‘peladas’ denota irreverência: “Elas surgem na floresta, tem miss sem-terra e as mulheres constituindo uma paisagem erótica sendo a maioria em papel sobre acrílico. A imersão da figura humana na paisagem é inconfundível e deixa sua marca no grafismo que faz que com que a cor forme uma trama luminosa que predomina azuis, verdes, e marrons. Nessa mostra, Nilson apresenta as temáticas pantanal, derrubada, colheita, festas tradicionais e casamentos. Encontramos em muitas obras um clima surreal, baseados em sonhos que misturam animais da floresta com homens e mulheres de forma harmoniosa em encenações dramáticas”, finaliza.

Serviço

“Tal pai tal filho”
Abertura: 12 de dezembro, às 17h
Local: Museu de Arte de Mato Grosso
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet