Olhar Conceito

Sábado, 13 de agosto de 2022

Notícias | Gastronomia

raposa vegana

Mato-grossenses transformam ativismo em profissão e criam delivery de almoço vegano

Foto: Reprodução / Raposa Vegana

Lasanha vegana

Lasanha vegana

A correria do dia-a-dia faz com que muitas pessoas se alimentem mal, sem pensar direito no que estão ingerindo. Para os vegetarianos e veganos, encontrar comida rápida e simples sempre foi um problema. Foi pensando nisso, e pensando em atingir cada vez mais pessoas, que Wanessa Rodrigues, 22, e João Lucas, 22, criaram o ‘Raposa Vegana’. Desde o início de 2015, a empresa trabalha com delivery de almoço sem nenhum produto de origem animal.

Leia mais:
Dieta vegetariana pode apresentar novos sabores, ideias e temperos: conheça experiências de cuiabanas

Wanessa é vegana desde os dez anos de idade, e sempre militou pela causa. “Porém não era algo que atingia as pessoas diariamente, pois eu organizava eventos, piqueniques, exibição de documentários uma vez ao mês, e fazia as encomendas em casa”, conta. Ao conhecer João, no entanto, o trabalho ficou mais intenso. No início, vendiam pratos congelados e aceitavam encomendas, mas desde fevereiro trabalham com um cardápio semanal, e continuam com encomendas de bolos, doces e salgados. João é formado em gastronomia e trabalhou em alguns restaurantes antes de engatar no negócio próprio.


João e Wanessa (Foto: Arquivo Pessoal)

No cardápio do almoço, que muda toda semana, estão opções como lasanha com legumes solteados e salada crua com chia, chilli de feijão fraldinho, PTS e tortilla; jaca verde, arroz colorido integral e purê de abóbora, salada crua com gergelim e muito mais. Nos congelados, eles oferecem nhoque de batata doce orgânica, coxinha de jaca verde, bobó de jaca verde ou cogumelos, falafel, lasanha entre outros, a média de preço é 20 reais.


Feijoada vegana (Foto: Raposa Vegana)

Os empresários afirmam que, além do diferencial de prepararem alimentos veganos, a ‘Raposa’ usa utensílios que nunca foram utilizados em derivados animais, ou seja, são isentos de traços de lactose e gordura animal. “Também temos utensílios para produção de alimentos sem glúten, que reservamos exclusivamente para os mesmos. Outro ponto que acreditamos ser um diferencial é a preferência pelo uso dos orgânicos, que na nossa cozinha é maioria, e o incentivo à agricultura familiar, caso dos feirantes da Ecofeira Orgânica da UFMT, que são de Poconé e Horta Orgânica Terra Estrela (Várzea Grande) que são alguns de nossos fornecedores”, explicam.


Panetone vegano (Foto: Raposa Vegana)

Hoje, as receitas surgem da criatividade e das adaptações que os dois fazem de sabores da infância, e a aceitação está cada vez melhor. “Com a facilidade do alcance à informação, muitas pessoas buscam se alimentar melhor e de maneira mais sustentável possível, o que é um dos pilares do veganismo: alimentação de forma limpa, sem a necessidade escravizar outro ser para isso”, explica Wanessa.

‘Raposa Vegana’ aceita encomendas e pedidos por telefone ou WhatsApp: (65) 99247-1345 / (65) 98116-7609. Mais informações pelo SITE, FAN PAGE ou INSTAGRAM
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet