Olhar Conceito

Notícias / Turismo

Novo Parque em Várzea Grande terá trilhas suspensas para contemplação da natureza

Da Redação - Isabela Mercuri

25 Jan 2016 - 14:20

Foto: Assessoria/ SEMA-MT

Novo Parque em Várzea Grande terá trilhas suspensas para contemplação da natureza
Um novo parque de contemplação da natureza será criado em Várzea Grande, o “Parque Natural Municipal Flor do Ipê”. Inicialmente, ele deve ser inaugurado em fevereiro e ficará no bairro de mesmo nome, próximo à ponte Sérgio Motta, divisa com Cuiabá. No total, o parque terá 19 hectares, sendo quatro de trilhas suspensas dentro da mata.

Leia mais:
Depois de aventura até a Bolívia, grupo de ciclistas de MT organiza pedalada pela transpantaneira
Obras na Salgadeira são retomadas, mas podem parar por mais um ano se contrato for cancelado

A criação do Parque é de responsabilidade do município de Várzea Grande em parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). De acordo com Alexandre Batistella, coordenador de Unidades de Conservação da Sema, essa é uma grande notícia por dois motivos: "O primeiro é sem dúvida o compromisso da gestão municipal de Várzea Grande em garantir a conservação para as próximas gerações de um espaço rico em biodiversidade e hoje quase extinto, que é a várzea. O segundo é estruturar uma área como essa para agregar como opção de lazer aos moradores da região, com a vantagem de estar em frente ao Batalhão da PM. Isso significa que é um local seguro”.

O Parque Natural Municipal Flor do Ipê terá como objetivo aproximar a população do meio ambiente, promovendo o turismo de contemplação e a educação ambiental. Para a secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável de Várzea Grande, Helen Farias Fereira, o Parque foi a partir da doação da área por uma construtora, que também fez as primeiras reformas e implantou banheiros e as trilhas suspensas. Agora, a infraestrutura será ampliada e será implantada a academia a céu aberto.


Helen Farias Fereira (Foto: Da Assessoria)

Helen afirma, ainda, que o local não poderia ser ocupado com atividades de impacto ambiental, e deveria ser utilizado como unidade de conservação. Para ela, é preciso incentivar as ações de manutenção pelo ICMS Ecológico: “Vai ser um recurso que ajudará na conservação desse local magnífico e também contribuirá com o desenvolvimento de Várzea Grande que possui atualmente poucas opções lazer aos moradores”.

Atualmente, o espaço do parque já existe e é conhecido como Parque Ecológico Noise de Curvo. Ele é utilizado para contemplação e safári fotográfico fica aberto das 5h à 17h.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • rosimar anastácio de oliveira
    26 Jan 2016 às 09:05

    o projeto e muito interessante mas espero que não fique abandonado como o parque alberto berneque que foi investido dinheiro publico e hoje esta sendo gerenciado por marginais que fica em torno e ate mesmo dentro do parque fazendo uso de drogas e causando panico nos usuário a minha opino é revitaliza o parque pois á varias pessoas que moram perto do mesmo e faz uso e fruto do local sem dizer que o parque possui uma beleza peculiar com dois lagos imensos que pode ate ser analisados para colocados pedalinhos e ser cobrado uma taxa para a manutenção do mesmo e muito revoltante principalmente pra mim que conheço o local antes mesmo de se torna um parque e velo nesta situação que se encontra.

  • Rony Campos
    25 Jan 2016 às 22:48

    Olha o que eu tenho a dizer é que sobre segurança nos estamos desprovidos, pois a ROTAM que ali se encontra não atende casos de roubo assalto ou o quer que seja no bairro, disseram que temos que fazer BO na delegacia na avenida Filinto Müller...

  • Paulo
    25 Jan 2016 às 22:23

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Moysés
    25 Jan 2016 às 17:50

    não querendo ser pessimista, (se eu conheço administração pública) Vai dar m...... passa o tempo e nada de manutenção, fica cai-não-cai, até alguém machucar - -

  • Luiz
    25 Jan 2016 às 15:35

    Nossa outro parque em vg pra ficar abandonado.igual ao nosso parque bernek e um descaso com a o população que la faz atividades fisica.insegurança roubos abandono total

  • cicero
    25 Jan 2016 às 14:52

    Até que em fim a administração pública esta deixando de ver só o próprio nariz e, pensando mais no povo.

Redes Sociais

Sitevip Internet