Olhar Jurídico

Quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Notícias / Civil

MPF abre mais um inquérito para apurar impactos gerados por PCH a índios

De Brasília - Catarine Piccioni

06 Jun 2013 - 16:40

Foto: Ilustração

MPF abre mais um inquérito para apurar impactos gerados por PCH a índios
O Ministério Público Federal (MPF) em Mato Grosso instaurou inquérito civil público para apurar possíveis “impactos ambientais e etnosociais” – ocasionados pela pequena central hidrelétrica (PCH) Bacuri, no rio Sacuriú-iná/ Ponte de Pedra -- sobre a população indígena que vive na área.

De acordo com a portaria referente à abertura do inquérito, “a construção da PCH Bacuri poderá causar impactos ao povo Paresí, da terra indígena Ponte de Pedra”.

MPF-MT apura supostas irregularidades em licenciamento de PCH
Justiça Federal no DF aceita ação de improbidade contra Henry por envolvimento no mensalão

A terra está localizada na região de Campo Novo do Parecis (385 km de Cuiabá). O inquérito foi instaurado no último dia 29 pela procuradora da República Marcia Zollinger.

No final de maio, o MPF-MT abriu outro inquérito para averiguar supostas irregularidades em processo de licenciamento ambiental da PCH Buriti e apurar possíveis impactos aos indígenas da etnia Nambikwara, instalados na terra Tirecatinga, em Sapezal (477 km de Cuiabá), onde fica o empreendimento.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet