Olhar Jurídico

Domingo, 09 de maio de 2021

Notícias / Política de Classe

TERRA PROMETIDA

Marino Franz consegue Habeas Corpus e deve ser libertado nesta quinta

Da Redação - Raoni Ricci

03 Dez 2014 - 22:21

Foto: Reprodução

Marino Franz consegue Habeas Corpus e deve ser libertado nesta quinta
O ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (PSDB), conseguiu um Habeas Corpus (HC) no início da noite de hoje (03) e deve deixar o Centro de Custódia da Capital nesta quinta-feira (04). A defesa do tucano, composta pelos advogados Almino Afonso, Valber Melo, Noeli Albert e Fabian Feguri, conseguiu reformar a decisão do desembargador Cândido Ribeiro, que havia negado um pedido de revogação da prisão do ex-prefeito e mais 9 investigados da operação 'Terra Prometida', desencadeada pela Polícia Federal no último dia 27 de novembro.

Leia mais
TRF1 garante continuidade de prisões de envolvidos na operação Terra Prometida

Em entrevista ao Olhar Jurídico, Almino Afonso explicou que o Tribunal Regional Federal (TRF1) acolheu um pedido de reconsideração impetrado pela defesa, que justificou o pedido de liberdade alegando que a situação de Franz era diferente das dos demais detidos.

"O TRF1 havia negado esse Habeas Corpus solicitando a soltura entendendo que a matéria não poderia ser avaliada no plantão. Entramos com um pedido de reconsideração dessa decisão sustentando que o ex-prefeito comprou um imóvel urbano, diretamente do seu proprietário, sem nenhuma ligação com o Incra ou qualquer outra área pública e rural", argumentou o advogado.

Segundo o Almino, o imóvel adquirido pelo ex-prefeito de Lucas do Rio Verde não está situado na zona rural e sedia hoje a empresa de Marino Franz no município de Itanhangá. Como a decisão foi tomada já no fechamento do TRF, a defesa vai trabalhar para comunicar a justiça local nas primeiras horas desta quinta-feira (04).

O HC foi impetrado originalmente pela advogada Noeli Albert e pelo advogado Valber Melo.



Comentários no Facebook

Sitevip Internet