Olhar Jurídico

Terça-feira, 02 de março de 2021

Notícias / Civil

Justiça recebe sétimo pedido de suspeição de Eder contra magistrado federal

Da Redação - Arthur Santos da Silva

16 Jul 2015 - 18:01

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Justiça recebe sétimo pedido de suspeição de Eder contra magistrado federal
A defesa do ex-secretário de Fazenda Eder Moraes Dias interpôs mais um pedido de suspeição, nesta quinta-feira (16), contra o magistrado da 5ª Vara Federal em Mato Grosso, Jeferson Schneider. A nova manobra, buscando o afastamento do juiz, foi referenciada no seio dos autos responsáveis por decretar a prisão preventiva do réu.

Leia mais:
Pleno arquiva sindicância e determina investigação contra juiz suspeito de desvio de conduta


O Tribunal Regional Federal da 1ª Região já recebeu seis pedidos semelhantes, em Brasília. Todos foram negados, inicialmente, pelo próprio Schneider, em Mato Grosso. A suspeição ocorre quando o magistrado for amigo ou inimigo intimo das partes, quando figurar na posição de credor ou devedor destas.

Moraes retornou à cadeia após averiguações sobre supostas operações imobiliárias fraudulentas, com valores inferiores aos praticados no mercado, sempre em nome de terceiros (laranjas), com o notório intuito de ocultar a real propriedade e impedir o cumprimento de decisão judicial de sequestro/arresto de bens.

Eder já havia sido preso na 5º fase da ação, em maio de 2014, e permaneceu por 82 dias encarcerado. Na ocasião o Ministério Público Federal afirmou que mesmo após o início das apurações das condutas ilícitas que lhe são atribuídas, Eder vinha colocando em risco a instrução processual e convulsionando a própria ordem pública.

As investigações gerais apontam que o ex-secretário seria o principal pilar dos esquemas denunciados pela operação Ararath.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet