Olhar Jurídico

Quarta-feira, 19 de junho de 2019

Notícias / Criminal

Riva afirma que medidas restritivas restantes não atrapalham e que não tem o que fazer na AL

Da Redação - Wesley Santiago

04 Ago 2015 - 15:34

Foto: Wesley Santiago/Olhar Direto

Riva afirma que medidas restritivas restantes não atrapalham e que não tem o que fazer na AL
O ex-deputado estadual, José Riva (PSD), afirmou nesta segunda-feira (03), após retirar a tornozeleira no Fórum de Cuiabá, que as medidas restritivas restantes não atrapalham em nada a sua vida. Questionado sobre a proibição de ir até a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), ele disse que não tem o que fazer por lá.

Leia mais:
Riva afirma que acusação por suposta destruição de provas “é uma mentira deslavada”

“Eu não tenho o que fazer na Assembleia Legislativa, eu tenho uma filha deputada, mas não preciso ir lá para falar com ela. Não muda nada. Acredito que estas medidas restritivas restantes não me atrapalham. É melhor que eu permaneça com elas, não vamos brigar com isto. Não cabe a mim achar (exagero da juíza), tudo aquilo que eu achar não vai me ajudar em nada. A decisão do Tribunal de Justiça (TJ) por si só já fala que elas eram desnecessárias”, explicou o ex-deputado.

Riva ainda acrescenta que deve viajar até Juara para rever familiares e que não vê problemas com a demora na retirada da tornozeleira. Por fim, o ex-deputado disse ainda que comparecerá a todos os depoimentos e que não falará mais a respeito da juíza Selma de Arruda: “Não vou fazer mais comentários a respeito dela (júiza). Toda vez que eu não concordar com o comportamento eu vou às instancias superiores reclamar, não vou mais falar sobre isso, pois vejo que é um incômodo”.

O ex-presidente da ALMT ainda garantiu que não usou o problema médico como desculpa para não comparecer ao depoimento: “Quem me conhece sabe que isto é impossível (usar a doença como desculpa para não depor). Vou continuar atendendo a justiça. Aliás, eu queria vir. Fui no hospital 6h da manhã, estava desde às 3h com cólica renal e disse para meus advogados: ’pode falar lá que eu vou’. Mas o médico aconselhou que eu não saísse”.

“Fiquei quatro meses no Centro de Custódia, tive problemas, mas não pedi para sair de lá por causa disto. A retirada da tornozeleira não muda nada. É lógico que é um incômodo a menos, mas minha vida vai continuar a mesma, eu sou muito caseiro, gosto muito de ficar em casa”, finalizou José Riva.

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • marcelo d2
    05 Ago 2015 às 11:57

    Já que tirou dele , vocês esqueceran de tirar daquele outro ex deputado federal , da região de caçeres DIREITOS IGUAIS , so o povo brasileiro não tem os mesmos direitos

  • POVO
    05 Ago 2015 às 09:29

    Até quando este elemento vai zombar do nosso judiciário. Espero que nunca mais tenhamos Rivas na AL/MT. Do jeito que as coisas estão caminhando, ele vai pagar caro o prejuízo causado. Envelhecerá na cadeia.

  • Pera
    05 Ago 2015 às 07:31

    Ele tava tão bonitinho usando a pulseira dourada...

  • damiao
    05 Ago 2015 às 06:20

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • por justiça
    05 Ago 2015 às 03:54

    gente não afeta ele mais o nosso mt esta desmontado com tanto disfalco do dimheiro do póvo justiça aje esse homem tem que ser e espulso do partido e ficar na cadeia o mai rapido possivel vamos

  • Diógenes
    05 Ago 2015 às 02:27

    Sinto falta de ver material de vocês sobre a atual Mesa Diretora da AL/MT. Hoje, sobre o processo jurídico, procuro me manter informado por aqui, mas não vejo nada sobre o senhor Nininho, Botelho, Maluf e cia...

  • CMC
    04 Ago 2015 às 17:42

    Não acredito em uma palavra expressada por esse sujeito!

  • Homero
    04 Ago 2015 às 16:53

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet