Olhar Jurídico

Quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Notícias / Trabalhista

Parceria entre Amatra e OAB criará comissão para resolver conflitos entre advogados e juízes

Da Assessoria/TRT-MT

01 Ago 2016 - 16:35

A Associação dos Magistrados Trabalhistas de Mato Grosso (Amatra23) e a seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MT) devem assinar, no próximo dia 4, um termo de cooperação que visa à resolução amigável de eventuais conflitos entre juízes trabalhistas e advogados, decorrentes de suas atuações profissionais.

A proposta foi apresentada pelo presidente da OAB, Leonardo Campos, e pela secretária-geral adjunta da entidade, Gisela Cardoso, em reunião nesta segunda-feira (1º) com a administração do TRT e o presidente da Amatra, Aguinaldo Locatelli.

Conforme a secretária-geral da OAB, “o termo de cooperação é uma forma de aproximarmos advogados e magistrados e solucionar conflitos antes que isso vá adiante e vire uma demanda efetivamente”, conta ela. A perspectiva é que seja criada uma comissão, a ser formada por representantes das duas entidades, a qual apreciará eventual conflito ou mesmo notícia de conflito.

Segundo a advogada, uma parceria semelhante já foi firmada pela OAB com a Associação Mato-grossense de Magistrados (Amam) para tratar dos casos envolvendo a justiça estadual.

“Nem o advogado, nem o juiz, quer se envolver em um conflito”, destaca o juiz Aguinaldo Locatelli. Segundo ele, o termo de cooperação é importante para uma convivência harmônica entre os dois lados. “Essa parceria permitirá uma conversa franca, desfazendo mal entendidos e mesmo divergências, contribuindo para o bom funcionamento da Justiça e o pleno exercício da advocacia”, finalizou.
Sitevip Internet