Olhar Jurídico

Terça-feira, 16 de julho de 2019

Notícias / Cursos e Concursos

TRT-MT divulga data de nomeação de servidores aprovados em concurso público

Da Redação - Lázaro Thor Borges

09 Ago 2016 - 08:22

Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região

Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região

O Tribunal Regional de Mato Grosso (TRT-MT) definiu para o dia 26 de agosto a nomeação dos candidatos aprovados no último concurso de servidores do órgão. Além da data de nomeação, o Boletim 01/2016 também traz a relação de documentos e declarações que precisam ser preenchidos para a assinatura da posse.

Leia mais:
Pleno do Tribunal homologa resultado final do concurso de servidores

O Tribunal nomeará 36 aprovados. Serão chamados 9 analistas judiciários, dos quais 6 da área judiciária, um da área administrativa e dois oficiais de justiça. Além desses, também serão nomeados 27 técnicos, um dos quais da especialidade de Tecnologia da Informação. Os demais são sem especialidade (área administrativa). A posse coletiva está marcada para o dia 8 de setembro, às 8h.

A nomeação dos candidatos aprovados nas cotas para negros serão feitas regularmente, sem análise prévia da declaração. A decisão, no entanto, não impede que o candidato que prestar falsas informações tenha suas nomeação anulada, conforme dispõe o item 6.1.6 do edital.

Importante

Os critérios para escolha da unidade de lotação irão considerar a ordem de classificação do candidato no concurso e a data de posse. Daí a importância de se estar presente no dia marcado para a posse coletiva. No entanto, os locais exatos de lotação serão conhecidos somente a partir do dia 22 de agosto.

Além disso, somente os servidores que entrarem em exercício em tal data serão contemplados na folha de pagamento do mês de setembro. Isto porque o tempo de serviço no TRT é contado a partir da data de entrada em exercício no cargo.

Exames
Confira, aqui, a relação de exames solicitados para posse 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Rodrigo Almeida
    09 Ago 2016 às 11:33

    Está aí a diferença de um órgão sério (TRT) para a bagunçada justiça estadual (TJMT). Mesmo com dificuldades financeiras, vai nomear servidores concursados para ajudar na qualidade e eficiência da prestação jurisdicional. Enquanto isso, o TJMT continua sendo cabide de emprego de comissionados despreparados e sem concurso, deixando a qualidade e eficiência de maneira pífia. Basta ver o exemplo da comarca de Sorriso, que simplesmente necessita de servidores concursados urgentemente, pois está uma vergonha para o cidadão. Espero que o TJMT melhore e nomeie concursados para algum dia, talvez, chegar perto da qualidade, eficiência e respeito pelo cidadão que o TRT-MT possui!!!

Sitevip Internet